Valve adquire Firewatch Dev Campo Santo

Campo Santo anunciou que foram adquiridos pela Valve.

O estúdio independente, conhecido por seu primeiro passeio Relógio de fogo, continuará a desenvolver seu próximo título, No vale dos deuses.

Atualmente, o estúdio emprega uma dúzia de funcionários, todos os quais mantêm seus empregos enquanto trabalham no jogo mencionado.

Aqui está a mensagem completa do Campo Santo:


Nós doze em Campo Santo concordamos em ingressar na Valve, onde manteremos nossos empregos como desenvolvedores de videogames e continuaremos a produção em nosso projeto atual, No Vale dos Deuses.

Se você é o tipo de pessoa que dá duas voltas sobre essa notícia, podemos elaborar um pouco dessa grande decisão. Primeiro, gostamos muito de fazer videogames. Além disso, e talvez com mais precisão, gostamos muito de fazer e produzir entretenimento. Desde a produção diária de nosso último jogo, o Firewatch, até a forma como administramos a empresa, fabricamos mercadorias, encontramos jogadores em exposições e shows, envia um diário literário trimestral, lança demonstrações de jogos abertas ao público no meio de uma floresta artificial – tudo isso é destinado a surpreender, encantar e divertir os clientes que compartilharam de nosso sucesso.

Na Valve, encontramos um grupo de pessoas que, em sua essência, sentem o mesmo sobre o trabalho que realizam (isso, você pode se surpreender ao saber, não acontece todos os dias). Em nós, eles encontraram um grupo com experiência única e perspectivas valiosas e diversas. Tornou-se rapidamente uma combinação óbvia.

Em segundo lugar, enquanto visitávamos a sede da IGN no início de 2015 para falar sobre o Firewatch, encontramos um prêmio de Jogo do Ano de 2011 não entregue para o Portal 2. Ele estava gravado em uma garrafa de champanhe fechada. Para não deixar o álcool de graça, roubamos e bebemos para comemorar o lançamento do Firewatch um ano depois. Então, em certo sentido, este é um retorno para casa para nós. Bem, para aquela garrafa de champanhe.

Terceiro, e por último, tivemos uma série de longas conversas com as pessoas da Valve e todos compartilharam a satisfação que sentimos ao trabalhar com pessoas cujos talentos são inferiores aos nossos para tornar as coisas que nunca imaginávamos possíveis. Ambos os lados falaram sobre nossos valores e como, quando você se dedica a isso, nós, como seres humanos, somos limitados pelo tempo que nos resta quando se trata de criar aquilo em que gostamos e acreditamos. Eles nos perguntaram se todos estivéssemos interessados ​​em ir até Bellevue e fazer isso lá, e dissemos que sim.

Sim, ainda estamos fazendo No Vale dos Deuses (como um jogo da Valve!); sim, ainda daremos suporte ao Firewatch; e sim, ainda produziremos a The Quarterly Review e nosso conteúdo regular no blog. Muito obrigado pelo seu interesse em nossos jogos e nos vemos em Washington. Felicidades.

Artigos Relacionados

Back to top button