Universidade Monash desenvolve bateria de lĂ­tio-enxofre

Universidade Monash desenvolve bateria de lĂ­tio-enxofre

Cientistas da Universidade Monash, na Austrália, desenvolveram uma nova bateria que, segundo a equipe, é a bateria de lítio-enxofre (Li-S) mais eficiente do mundo. A bateria Li-S promete energia suficiente para rodar um smartphone por cinco dias.

A Monash está à beira de comercializar a bateria e diz que superaria os atuais líderes de mercado em mais de quatro vezes. Embora tenha um desempenho melhor que as baterias atuais, a bateria Li-S tem menos impacto ambiental que as baterias de íon-lítio usadas atualmente. Uma patente registrada aprovada cobre o processo de fabricação, e a equipe observa que as células protótipo foram fabricadas com sucesso pelos parceiros alemães de pesquisa e desenvolvimento, Fraunhofer Institute for Material and Beam Technology.

Alguns dos maiores fabricantes de baterias de lítio da China e da Europa manifestaram interesse em aumentar a produção da bateria. O primeiro teste será realizado na Austrália no início deste ano. Os cientistas veem a tecnologia da bateria sendo usada em todos os tipos de ambientes, incluindo a rede elétrica, VEs e eletrônicos.

No desenvolvimento da bateria, a equipe usou os mesmos materiais nas baterias de íon-lítio. Ele configurou o design dos catodos de enxofre para acomodar cargas de alta tensão sem uma queda na capacidade ou no desempenho. A equipe observa que o método de fabricação favorece alto desempenho e longa vida útil.

Uma caracterĂ­stica marcante do design Ă© que Ă© simples e “extremamente barato de fabricar”. O processo de fabricação Ă© Ă  base de água e pode levar a reduções de resĂ­duos ambientalmente perigosos. NĂŁo está claro quando a nova tecnologia de bateria pode entrar nos veĂ­culos elĂ©tricos, mas a perspectiva de um carro que pode percorrer 1.000 km entre cargas Ă© inegável. Há tambĂ©m um suprimento abundante dos materiais necessários para fabricar as baterias.

0 Shares