Um relógio atômico no Kickstarter!

O que poderia ser mais irritante do que esperar um encontro por alguém que está pelo menos três segundos atrasado? Provavelmente nada, porque esse é exatamente o tipo de coisa que nos deixa loucos. Para evitar esses problemas, foram criados relógios atômicos, relógios que usam a última definição do segundo, aquela que pode ser calculada graças a um átomo de césio 133, mais preciso que os anteriores que simplesmente o definiam como sendo uma fração do dia ou ano terrestre.

Existem vários relógios atômicos no mundo, mas até agora nenhum relógio atômico real existia: os únicos que reivindicavam esse título eram apenas sincronizados com os diferentes relógios mundiais. Mas tudo isso muda agora, com este projeto Kickstarter vindo de John Patterson, um cientista que afirma ter criado o primeiro relógio atômico.

O primeiro relógio atômico

A primeira coisa que deve vir à mente quando você vê este relógio é: ele é muito feio. Certamente, mas uma segunda observação nos vem então: é muito grande. Esse tamanho se deve ao mecanismo utilizado, exigindo uma pequena cavidade contendo gás composto pelo isótopo 133 de césio.

É difícil dizer se este relógio é realmente atômico ou não, embora seu criador lhe dê uma precisão impressionante: ele perde apenas um segundo a cada 1000 anos. Em outras palavras, a única desculpa para o atraso é a morte. Ou a recusa em comprar tal relógio, por falta de orçamento.

No momento, apenas 6 protótipos estão disponíveis ao preço de US$ 6.000 cada. A fabricação de um novo modelo custará a modesta soma de US$ 10.000. A precisão tem um preço.

Através da

Artigos Relacionados

Back to top button