Um novo país decide banir o 5G da Huawei

A Huawei está muito duro. O governo dos EUA está colocando um raio em suas rodas, com pesadas penalidades que podem impedir a empresa chinesa de usar chips Kirin. Mas por que tal implacabilidade dos EUA? Huawei é acusada de praticar espionagem campanha de massa em nome do Partido Comunista Chinês. Uma acusação que também visa aplicativos, como WeChat ou TikTok, que também podem ser banidos. E depois dos EUA que afastaram a Huawei do 5G com as suas antenas, é a vez de um novo país adicionar a esta decisão.

Como explica a RTL, o Eslovênia decidiu excluir a Huawei da corrida 5G.

Uma decisão felicitado pelos EUA.

Um novo país decide bloquear a Huawei

Depois da Inglaterra, e enquanto a França ainda não decidiu sobre este assunto, um novo país que decide excluir a Huawei do 5G em seu território. O primeiro-ministro esloveno Janez Jansa anunciou a decisão. A Eslovênia apoia inteiramente os EUA para o que é descrito como um “ameaça” para o Ocidente. Janez Jansa também explica ter “discutiu as relações com a China e a Rússia“, explicando que ele”deve levar em conta o interesse estratégico dos nossos países, que se baseiam na segurança, na liberdade e na democracia“.

Presente durante este anúncio, Mike Pompeo, chefe da diplomacia americana, explicou que tinha “teve a alegria de assinar uma declaração com o Ministro dos Negócios Estrangeiros esloveno ao despedir os vendedores não confiável equipamento 5G“. O homem também acrescentou que “a roda está girando para o Partido Comunista Chinês e seus esforços para impedir liberdade“.

A Huawei decidiu responda a esta decisão. Para a empresa chinesa, diretamente visada por esta proibição, esta vai contra “a filosofia da União Europeia em matéria de cibersegurança“. A Huawei também afirma que tal decisão é um freio na implantação do 5G, que de fato se tornaria muito mais caro para usuários.

Uma nova etapa alcançada na Guerra Fria tecnológica, em um cenário de espionagem, entre o governo de Donald Trump e a China.

Artigos Relacionados

Back to top button