Tribunal oferece decisão agridoce no processo de violação de patente da VirnetX contra a Apple

Em um processo de violação de patente movido pela VirnetX contra a Apple, um tribunal de apelações dos EUA ofereceu uma decisão agridoce para ambas as empresas. Um tribunal de primeira instância havia decidido anteriormente que a Apple deveria pagar à VirnetX Holdings Corp US $ 503 milhões por violar quatro patentes. No entanto, a nova decisão do tribunal de apelação declarou que os danos devem ser recalculados ou um novo julgamento deve ser realizado.

O teste de patentes entre a Apple e o VirnetX já dura anos e está relacionado às tecnologias usadas nas comunicações seguras do FaceTime. Foi uma vitória parcial para a VirnetX, pois o Tribunal de Apelações dos EUA para o Circuito Federal impediu a Apple de alegar que duas das quatro patentes são inválidas. No entanto, a decisão declara que duas outras patentes mencionadas na ação são inválidas. Portanto, a soma concedida pelo júri no tribunal do Texas deve ser recalculada.

O caso foi agora devolvido ao tribunal do Texas para novos procedimentos. O tribunal de apelações mencionou que o juiz do tribunal do Texas agora deve considerar se deve realizar um novo julgamento apenas por danos ou recalcular os danos para as duas patentes válidas em questão. Após a decisão do tribunal de apelação, os preços das ações da VirnetX caíram 22%. A VirnetX também abriu processos contra a Cisco e a Microsoft no valor de US $ 223 milhões para resolver uma disputa de patentes relacionada a VPN e tecnologias de comunicação unificada.

Apple vs. VirnetX: a história

Originalmente, a VirnetX entrou com uma ação contra a Apple em 2010 por infringir patentes relacionadas a comunicações seguras sem pagar por elas. Em 2012, a empresa com sede em Nevada recebeu US $ 368 milhões em danos. Esses danos foram, no entanto, descartados dois anos depois, depois que a empresa com sede em Cupertino entrou com um recurso.

Em 2016, a empresa de PI recebeu US $ 440 milhões após calcular danos, juros e custos legais. O fabricante do iPhone também foi impedido de rejeitar a decisão do tribunal. No mesmo ano, o VirnetX venceu outro processo de patentes contra a Apple, e este foi condenado a pagar US $ 625,6 milhões por violar quatro patentes. O fabricante do iPhone prometeu recorrer da decisão. No entanto, perdeu o recurso no início de janeiro deste ano para anular o julgamento da patente.

Em abril, o VirnetX recebeu US $ 502,6 milhões contra a Apple, depois que um júri federal no Texas considerou a Apple violando as patentes da empresa anterior sem pagar por elas.

Artigos Relacionados

Back to top button