Tokyo Mirage Sessions ♯FE Encore: a censura continuará mesmo no Switch

Bem não. Enquanto Tokyo Mirage Sessions ♯FE Encore foi anunciado no Switch como a versão definitiva do título quase homônimo lançado no Wii U, acontece que ele será baseado na versão original comercializada e massacrada para o Ocidente.

Após o anúncio, há pouco mais de um mês, Tokyo Mirage Sessions ♯FE Encore no Switch, os fiéis do Wii U puderam lamentar a perda de uma nova exclusividade. O conteúdo adicional então revelado (uma música e novos elementos de cenário) não encorajou realmente um checkout, até que soubemos que esta versão seria localizada em francês.

Como lembrete, o Tokyo Mirage Sessions ♯FE base foi lançado no Ocidente em um único idioma, o inglês. E esse não era seu maior defeito. O jogo, encontro entre os universos Fire Emblem e Shin Megami Tensei, foi notavelmente notícia para uma censura ocidental particularmente marcada.

Censura de Tokyo Mirage Sessions ♯FE Encore: Nintendo’s Apology

O que aprendemos desde então? A página do jogo no site francês da Nintendo menciona que um “pequena parte do jogo [est] em inglês” e essa’“é necessário um nível básico de leitura em inglês para desfrutar plenamente deste jogo”. Nada a condenar, principalmente porque esses termos permaneceram em inglês deveriam ser aqueles que os jogadores estão acostumados a ver na tela.

A maior novidade sobre este lançamento é a confirmação de que será baseado na versão ocidental do Wii U. Em outras palavras, terá a mesma censura, mesmo no Japão. O público japonês também teve uma pulga no ouvido ao notar que a página deste port incluía screenshots do jogo Wii U.

Desde então, a Nintendo se desculpou oficialmente (em japonês) pela confusão resultante. Enquanto as pré-encomendas para Tokyo Mirage Sessions ♯FE Encore já foram lançados, o pequeno artesão indicou que serão aceitos cancelamentos na eShop e na My Nintendo Store. Não é certo que esta abordagem seja suficiente para acalmar os jogadores a quem (pré)vendemos um port com menos conteúdo interno.

Artigos Relacionados

Back to top button