Suda51 fala sobre videogames remasters e Nintendo

A Games Radar conseguiu conversar com o criador de No More Heroes, Suda51, e conversar com ele sobre diversos tópicos. Uma das coisas que surgiu como foi trazer um título para o Nintendo Switch com Travis Strikes Again: No More Heroes, que está destinado ao Nintendo Switch este ano. Você pode ler os comentários completos abaixo.

GamesRadar +: Todo mundo está perguntando sobre uma remasterização do Killer7 sem parar, eu imagino. Qual é a remasterização que você mais gostaria de ver de uma empresa que não é o Grasshopper?
Goichi Suda: Um exemplo recente de um que eu gostei seria o Burnout Paradise Remastered. Eu realmente gosto do Burnout, então há Burnout Revenge, Burnout 1, 2, 3 … Eu gostaria que todos eles fossem remasterizados como um pacote. Estou tão acostumado a pensar em meus próprios jogos que é difícil sair dessa mentalidade… Ah! Valentão! Estrela do rock! Eu adoraria vê-los fazer uma remasterização de Bully. Eu adoraria jogá-lo em hardware moderno. Eu amo o mundo aberto; esse tamanho do mundo aberto é ótimo. Tamanhos maiores como Red Dead também são muito legais, mas essa sensação de cidade pequena é algo que eu realmente gosto. É como Travis mora na pequena cidade de Santa Destroy – é o mesmo sentimento.

O Bully é seu jogo de mundo aberto favorito de todos os tempos?
Não, não … Red Dead Redemption. Esse foi um jogo incrível. Estou realmente ansioso pelo lançamento de Red Dead Redemption 2. Também estou rezando para que o momento do lançamento e o Travis Strikes Again não sejam semelhantes. [laughs] Os estilos são diferentes, mas … você sabe.

Você acha que o Switch se tornou o console principal para jogos independentes em geral?
Eu adoraria que fosse esse o caso. O problema é que a maioria dos criadores cresce jogando Nintendo. E há uma relação especial entre muitos jogadores e criadores e a Nintendo. Portanto, ter um jogo que você cria lançando em um sistema Nintendo é como um sonho tornado realidade. É como se você tivesse feito isso, de certa forma. Portanto, se esse é o padrão e o ciclo, é uma coisa ótima, e eu adoraria ver mais. Mesmo como criador, apenas ser capaz de criar e lançar jogos na Nintendo é uma sensação legal. Espero que, no futuro, isso cresça e cresça para a Nintendo, pois as pessoas têm esse apego especial como jogadores.

Origem / Via

Artigos Relacionados

Back to top button