Starlink: uma avaliação positiva de acordo com os primeiros beta testers

Há meses que ouvimos falar da constelação Starlink. Este projeto, iniciado pela empresa espacial SpaceX, utiliza uma rede de satélites colocados em órbita para fornecer conexão de internet de alta velocidade para todo o mundo. Depois de uma longa espera, agora podemos ter uma ideia da qualidade dessa conexão.

Há alguns dias, a empresa de Elon Musk iniciou o beta público do Starlink. Apenas as pessoas que fizeram o pré-cadastro em junho de 2020 puderam participar desta fase de testes. Este beta público foi apelidado de “Melhor que nada”.

Um satélite voando sobre a Terra
Foto da SpaceX – Unsplash

Parece que a SpaceX escolheu esse nome para que os usuários não tenham expectativas muito altas. Em um e-mail endereçado aos testadores, ele explicou que para esta fase de teste eles poderiam esperar uma velocidade de download de 50 a 150 Mbps e uma latência de 20 a 40 ms.

Usuários agradavelmente surpreendidos

Aparentemente, os medos da SpaceX foram infundados. De fato, a maioria dos testadores disse estar satisfeita com a qualidade da conexão Starlink. No Twitter, um usuário chamado Kenneth Auchenberg explicou que conseguiu transmitir vídeos em resoluções de 1140p e 4K no YouTube sem falhas.

Kenneth Auchenberg relatou que a qualidade da conexão Starlink permaneceu estável desde que foi instalada. Outro usuário que se autodenomina Wandering-coder também compartilhou sua experiência no Reddit. Ele teria registrado 120 Mbps na recepção, 12 Mbps na transmissão e uma latência de 37 milissegundos enquanto estava em uma floresta de Idaho (Estados Unidos).

Uma conexão que deve melhorar

Elon Musk, o chefe da SpaceX, está atento aos menores comentários sobre a conexão fornecida por sua empresa. O bilionário sul-africano respondeu ao tweet de Kenneth Auchenberg explicando que o “a latência e a largura de banda logo melhorariam significativamente.”

As pessoas que se inscreveram para este beta público tiveram que pagar US$ 600. Esta soma inclui a assinatura mensal que é de 99 dólares e o preço do equipamento que custa 499 dólares. O kit de conexão inclui uma antena, um roteador WiFi e um tripé.

Os testes de conexão Starlink devem se estender a todo o Canadá e Estados Unidos antes do final de 2020.

Artigos Relacionados

Back to top button