SpaceX reutiliza a cápsula Dragon para sua terceira viagem à ISS

Em 5 de dezembro de 2019, a SpaceX lançou sua 19ªe missão de reabastecimento para a Estação Espacial Internacional de Cabo Canaveral, Flórida. Para esta missão, a empresa de Elon Musk reutilizou a cápsula Dragon que já realizou duas missões em setembro de 2014 e junho de 2017.

Depois de completar essas duas missões, a cápsula Dragon foi, a cada vez, pescada pela equipe SpaceX no Oceano Atlântico. Reparos foram realizados pela agência espacial para permitir a reutilização deste dispositivo.

Desta vez, a cápsula Dragon, enviada usando o lançador Falcon 9, foi carregada com 2,6 toneladas de carga.

Atracação prevista para 8 de dezembro de 2019

Esta missão de reabastecimento foi realizada pela SpaceX em nome da NASA. De acordo com informações fornecidas pela start-up, a atracação da cápsula Dragon ao complexo orbital está prevista para 8 de dezembro de 2019.

A cápsula Dragon permanecerá ancorada no nó de junção Harmony do complexo orbital por quatro semanas. Após o lançamento desta cápsula, a SpaceX terá que realizar uma última missão de abastecimento em nome da NASA. O contrato que eles assinaram estipula que a empresa de Elon Musk terá que realizar um total de 20 missões. No entanto, a colaboração da SpaceX com a agência espacial dos EUA não vai parar por aí. Em 2016, fizeram outro acordo que prevê o fornecimento do ISS até 2024.

SpaceX quer cortar gastos

Nos últimos anos, a SpaceX tem se voltado cada vez mais para o uso de equipamentos reutilizáveis ​​para realizar suas missões. Através desta abordagem, a agência espacial pretende, não só reduzir os custos das missões espaciais, mas explorar alternativas que permitam aos humanos ocupar o espaço por períodos mais longos.

A reutilização deste equipamento parece ser bem sucedida na SpaceX. O segundo lançamento da cápsula Dragon, que ocorreu como parte da missão CRS-11 em 2017, foi bem-sucedido. Depois de reabastecer a ISS, o dispositivo retornou à Terra com amostras dos experimentos realizados na ISS a bordo.

Os lançadores SpaceX também foram reutilizados. Estes incluem o palco principal do Falcon 9.

Artigos Relacionados

Back to top button