Sony Honami: algumas especificações técnicas como bônus

Se acreditarmos no que se espalhou na web por algumas semanas, então sony está atualmente trabalhando em um novo smartphone high-end chamado Honami. Obviamente, este não é o nome oficial, mas o último chegaria em algum lugar no verão e também se beneficiaria de especificações técnicas muito promissoras e até mesmo ousadas. Legal, é claro, especialmente porque o Unwired View teria conseguido obter informações adicionais sobre o Sony Honami, informações que você poderá encontrar agora e um pouco mais adiante no artigo.

Correndo o risco de me repetir, devemos lembrar que qualquer boato deve ser tomado com cautela, e ainda mais quando se trata de um produto que não será anunciado por várias semanas. Por enquanto, nada prova a existência do Sony Honami e é precisamente por isso que não se deve deixar-se levar demasiado depressa.

Sony Xperia i1 Honami

Segundo a Unwired View, portanto, a Sony Honami se beneficiaria de uma Tela Full HD 1080p de 5 polegadas aproveitando o Tecnologia Triluminosde um Processador Qualcomm SnapDragon 800 com clock de 2,3 Ghzdo 2 GB de RAMde um sensor localizado entre 16 e 20 megapixels com flash Xeonde um bateria entre 2.700 e 3.000 mAh e um caixa resistente a água e poeira. Exatamente como o Xperia Z, na verdade. Além disso, o Honami seria extremamente fino (10 mm) e seu sensor ofereceria um formato do tipo 1/1,6″.

Em termos de nome e embora isso não seja uma certeza, o Honami poderia ser comercializado sob a seguinte referência: Sony Xperia i1. E se acreditarmos no sensor que ele tem a bordo, ele pode se estabelecer como um dos melhores “fotofones” do mercado, o suficiente para ofuscar a Nokia e talvez até a HTC.

E um Sony Xperia A como bônus!

Além disso, é também um Xperia A que fez uma aparição na FCC (Federal Communications Commission). Mais uma vez, é necessário cautela, mas o último incluiria uma tela de 5 polegadas com resolução Full HD, uma bateria removível de 2.300 mAh, um sensor de 13 megapixels, 16 GB de espaço em disco e compatibilidade com redes LTE. Nenhuma palavra, no entanto, no chip a bordo. O Xperia A se destacaria, portanto, como um Xperia Z mais acessível.

Interessante, com certeza, mas a Sony também deve ter muito cuidado. Oferecer vários smartphones, cada um respondendo a um problema muito específico, é uma coisa, mas não é motivo para deixar ir e inundar o mercado com terminais próximos uns dos outros. A Samsung se tornou uma especialista nessa área, mas isso acabou às custas do consumidor médio que luta para se orientar. Então vamos torcer para que a Sony não siga o exemplo de seu maior concorrente.

Artigos Relacionados

Back to top button