SmartBra detecta câncer de mama em estágio inicial com tecnologia não invasiva

SmartBra detecta câncer de mama em estágio inicial com tecnologia não invasiva

Um grupo de estudantes da EPFL desenvolveu um dispositivo que eles chamam de SmartBra. Eles afirmam que é a primeira peça de roupa inteligente projetada especificamente para ser usada na prevenção do câncer. Os alunos desenvolveram as roupas inteligentes durante uma aula de nível mestre chamada Inovação e Empreendedorismo em Engenharia. Essa aula em particular foi ministrada em conjunto pela Escola de Engenharia e pela Faculdade de Gerenciamento de Tecnologia.

O SmartBra utiliza a tecnologia de uma empresa chamada IcosaMed que emite ondas de ultrassom para realizar ecografias de células potencialmente cancerígenas. As ondas de ultrassom são geradas usando sensores piezoelétricos. Um dos membros da equipe diz que a tecnologia usada no sistema de detecção SmartBra é miniaturizada, tornando-o confortável de usar e quase invisível para o usuário.

Se os sensores detectarem uma massa suspeita de células, o usuário será alertado para que possa agendar uma consulta com um especialista. A equipe acredita que a tecnologia de roupas inteligentes tem o potencial de levar a uma abordagem revolucionária à prevenção do câncer. Os engenheiros da equipe também esperam que um dia seu sistema possa fazer mais do que detectar câncer.

Eles dizem que esperam que um dia o sistema possa agir preventivamente e emitir ondas de ultra-som quase contínuas e em baixa dose para estimular a apoptose em massas cancerígenas. Atualmente, a equipe planeja lançar o SmartBra comercialmente voltado para mulheres que foram diagnosticadas com câncer e permite monitorar a condição diariamente. O lançamento comercial ocorrerá em 2021 e eles dizem que, eventualmente, o produto será comercializado para todas as mulheres.

Como parte da pesquisa, a equipe desenvolveu uma interface plástica que substitui o gel de impedância normalmente usado para armazenar emissores ultrassônicos. Esse avanço pode levar a outros tecidos inteligentes, como roupas íntimas e roupas íntimas, a detectar e prevenir diferentes tipos de câncer. Atualmente, a equipe está arrecadando fundos para comercialização, dizendo que eles precisam de um total de CHF 4 milhões.

0 Shares