Slack vs Microsoft Teams: Como as duas ferramentas diferem?

Eu estava lendo o post do professor Scott Galloway, Search Your Feelings, no fim de semana, onde ele descreve lindamente como a Microsoft está tentando matar o Slack. Então, pensei em comparar o Slack com o Microsoft Teams para ver como os dois aplicativos de bate-papo de negócios se comparam. Nesta comparação entre o Slack e o Microsoft Teams, vamos verificar como eles diferem.

Em 2016, a Microsoft queria adquirir o Slack por US $ 8 bilhões, mas Bill Gates e Satya Nadella decidiram criar o próprio aplicativo de bate-papo comercial da Microsoft em vez de comprar o Slack. Em apenas alguns anos, o Microsoft Teams conquistou mais de 13 milhões de usuários, ultrapassando o Slack, que possui pouco mais de 10 milhões de usuários.

Slack vs Microsoft Teams: preços

Ambos oferecem modelos freemium para que novos negócios comecem a usar seus serviços. O plano gratuito do Slack oferece compartilhamento de arquivos, até 5 GB de armazenamento, 10.000 registros de mensagens e canais públicos e privados ilimitados. Não há limite para o log de mensagens no serviço da Microsoft. O plano gratuito do Microsoft Teams oferece 2 GB de armazenamento por usuário, acesso de convidado e compartilhamento de tela.

Pessoas que desejam mais recursos podem pagar pelo plano padrão do Slack, que custa US $ 6,67 por mês por usuário. Dá acesso a acesso de convidado, compartilhamento de tela, integração ilimitada de aplicativos, 10 GB de armazenamento por usuário e muito mais. O Slack também possui um plano de US $ 12,50 por mês por usuário Plus, que oferece opções adicionais para integração e suporte interno, além de 20 GB de armazenamento por usuário.

O Microsoft Teams custa US $ 5 por mês por usuário, com o plano do Office 365 Business Essentials, que também inclui acesso a outros recursos do Office 365. A versão paga oferece 1 TB de armazenamento em nuvem para toda a empresa. A Microsoft também oferece um plano do Office 365 Business Premium.

Slack vs Microsoft Teams: experiência do usuário

Os dois aplicativos de bate-papo estão disponíveis no Android, iOS, macOS e Windows. Eles também oferecem um cliente web. O Slack vai um passo além para oferecer suporte ao Linux. A experiência do usuário é semelhante nos dois serviços. Ambos têm um painel de atividades que mostra tudo o que está acontecendo na sua organização. Você verá um ponto de exclamação ou uma bandeira vermelha se seu nome for mencionado em uma mensagem.

A Microsoft oferece apenas três temas – escuro, claro e de alto contraste. O Slack possui uma ampla variedade de opções de temas para permitir que você personalize a interface ao seu gosto. Ambos suportam texto sem formatação, etiquetas, emojis, adesivos, GIFs, memes e anexos de arquivos. O Microsoft Teams oferece integração com o GIPHY, enquanto o Slack tem integração automática com o Bitmoji. As equipes também têm um gerador de memes personalizado.

O Slack oferece integração de até 10 aplicativos a seus usuários freemium. Os membros pagos têm acesso a todas as mais de 800 integrações de aplicativos. Por outro lado, o Microsoft Teams dá até a seus usuários freemium acesso a todos os aplicativos. No entanto, a Microsoft tem um número muito menor de aplicativos que o Slack.

A Microsoft compensa a menor biblioteca de aplicativos, integrando fortemente o Teams ao seu ecossistema do Office 365. Todos os aplicativos do pacote Office 365 – Word, Meetings, Notes, Excel, OneNote, PowerPoint, SharePoint, Planner e outros – estão disponíveis para os usuários do Teams no formato de guia personalizado.

Conferência na Web

A Microsoft incorporou o Skype diretamente no software Teams. As equipes permitem que você faça uma conferência de voz ou vídeo com até 250 pessoas, independentemente do seu plano de assinatura. Ele também permite que os usuários gravem reuniões e compartilhem a tela com os membros da equipe. A Microsoft também permite que os usuários agendem reuniões de voz e vídeo.

O Slack não suporta a capacidade de gravar reuniões. O Slack suporta várias integrações de aplicativos para permitir que os usuários iniciem videoconferências por voz ou vídeo em movimento. Oferece reuniões de voz ou vídeo individuais para usuários gratuitos. Os usuários pagos podem tirar proveito do compartilhamento de tela e fazer chamadas em conferência com até 15 pessoas.

Slack vs Microsoft Teams: Bots

Os usuários do Slack podem recorrer ao Slackbot para procurar ajuda e encontrar informações específicas. O Slackbot oferece uma janela de bate-papo privada, onde você pode enviar links, experimentar GIFs ou integrações e fazer perguntas.

O Microsoft Teams possui dois bots dedicados. O T-Bot está lá para oferecer a você vídeos de treinamento, responder suas perguntas e fornecer as informações necessárias. Depois, há o WhoBot, construído sobre a estrutura Graph AI da Microsoft. Responde às suas perguntas sobre funcionários ou equipes específicos, como departamentos, gerentes, cargos e muito mais.

Ambos os serviços permitem que os usuários integrem bots adicionais também.

Conclusão

A Microsoft superou o Slack em termos de número de usuários, principalmente porque já possui uma base instalada de mais de 1,2 bilhão de usuários do Office 365. As equipes estão estreitamente ligadas ao serviço de nuvem da Microsoft, Skype, Office e outras ferramentas. É uma boa escolha para grandes corporações que já usam as ferramentas do Office 365 da Microsoft.

No entanto, a interface do usuário do Microsoft Teams ainda não é tão refinada e intuitiva quanto a do Slack. Ele também oferece mais integrações de aplicativos do que o Microsoft Teams. O Slack é mais atraente para empresas e startups relativamente menores. Também é uma excelente opção para equipes independentes de plataforma.

Artigos Relacionados

Back to top button