Sigma SD1: uma DSLR com sensor de 45 Megapixels

Se você tem um pouco de interesse em fotografia, provavelmente já ouviu falar da Sigma SD1. E por um bom motivo já que foi apresentado na Photokina 2010 (ou seja, final do ano passado) e que ninguém poderia esquecê-lo. Também devo dizer que, com um sensor de 45 megapixels, costumamos marcar a mente das pessoas. Sim e de fato amigos, se você tiver um bom orçamento, sem dúvida ficará feliz em saber que estará disponível no mercado a partir de 1º de junho. Mas cuidado, eh, porque francamente não é barato e você terá que pagar 7.000 euros para adquiri-lo…

O que significa simplesmente que o cara que se diverte fotografando seu vizinho nudista provavelmente escolherá uma câmera concorrente e mais barata. Além disso, mesmo fotógrafos profissionais (aqueles que vivem disso) pode pensar duas vezes antes de sacar o cartão de crédito. Por 7.000 euros – o preço de um pequeno carro citadino – é certo que realmente não temos interesse em perder. Afinal, por esse preço, você pode não apenas encontrar câmeras excelentes, mas também construir uma bela coleção de lentes.

Por fim, como não custa nada falar sobre isso, ainda estaremos interessados ​​nas características técnicas desta caixa. Para começar, você deve saber que o Sigma SD1 possui um sensor Foveon X3 que, como o próprio nome sugere, é composto de três camadas de 15 megapixels. (4.800 x 3.200) cada um é um total de 45 megapixels todo. Er… 15 + 15 = 30… Er… 30 + 15 = 45. Ok, estamos bem, não perdemos um megapixel no processo. Na verdade sim, pois o tamanho total do sensor é de 46 megapixels. Por trás deste sensor encantador, há um processador True 2 que permite o processamento acelerado da imagem, garantindo uma renderização ideal.

Por esse preço, você também deve saber que o Sigma SD1 se beneficiou de um design impecável. Sua carcaça de magnésio foi submetida a um tratamento tropicalizado para que a caixa resista a respingos de água e poeira. Fotógrafos sedentários ou fotógrafos que trabalham exclusivamente no estúdio (moda, etc.) não dá a mínima para a vida sexual de Loana, mas os grandes aventureiros, aqueles que não hesitam em passar a vida no campo, vão gostar. Ao mesmo tempo, por 7.000 euros, é um pouco o mínimo, hein.

Além desses detalhes, o Sigma SD1 também oferece 98% de cobertura, um ponto AF de 11 pontos, três modos de foco (AF pontual, AF contínuo, manual) e ele pode comer cartões Compact Flash. Para sensibilidade, a câmera pode ir até 6.400 ISO. Atrás, também encontraremos uma tela LCD de 3 polegadas e é isso. Bem, esta não é necessariamente uma descrição super completa, mas saiba que é possível encontrar muita informação no site dedicado. Sim, informação, mas também fotografias tiradas com esta caixa…

Artigos Relacionados

Back to top button