Samsung: rumo a um alto-falante conectado de baixo custo, alimentado por Bixby?

Anunciado este verão por Samsungao lado do lançamento de seu Galaxy Note 9, o Galaxy Home será um alto-falante conectado premium destinado a competir (em termos de posicionamento de preço, em particular) com o HomePod da Apple vendido por 350 euros na França. Mas se a Samsung pretende se aproximar da empresa de Cupertino nesse mercado, a gigante coreana também planeja atacar os alto-falantes conectados do Google, e principalmente da Amazon, lançando um alto-falante de baixo custo, ainda alimentado pela Bixby.

Pelo menos foi o que aprendemos no último fim de semana com a SamMobile. O site sugere que a Samsung está de fato trabalhando no lançamento de outro alto-falante conectado com capacidades mais modestas, pensado para ser comercializado muito abaixo da marca de 200 dólares. Para competir como deveria com a Amazon e sua linha Echo (cujos modelos estão sendo negociados conosco entre 60 e 150 euros), a Samsung certamente terá que contar com um preço introdutório definido em torno do limite simbólico de 100 dólares.

Potencialmente comercializado sob o nome Galaxy Home Mini, este alto-falante conectado de “baixo custo” da Samsung pode ser apresentado na CES e lançado no mercado ao mesmo tempo que o Galaxy Home em tamanho real, que ainda não está disponível. no momento desta escrita. Ambos os modelos também devem, logicamente, tirar proveito do Bixby 2.0. Esperamos que a experiência seja mais impactante do que o que a Samsung oferece atualmente em seus smartphones em termos de assistente pessoal.

O Galaxy Home Mini: uma versão castrada do Galaxy Home

Obviamente, para oferecer uma versão mais acessível de seu alto-falante conectado, a Samsung terá que fazer alguns sacrifícios em seu Galaxy Home Mini (modelo atualmente identificado internamente pela referência “SM-V310”, contra “SM-V510” para o Galaxy Home “ clássico”).

Por enquanto a SamMobile só pode se limitar a especulações sobre as especificações do aparelho. A única informação concreta que a mídia obteve está relacionada à cor do Home Mini, preto neste caso. Pode-se pensar que o modelo acessível que a Samsung está visivelmente prestes a lançar terá menos alto-falantes embutidos (são oito no Galaxy Home) e que pulará a tecnologia permitindo que seu irmão mais velho direcione automaticamente o som para o usuário. Por outro lado, uma parceria com a AKG (subsidiária austríaca da Samsung especializada em áudio) não deve necessariamente ser excluída. Se este famoso Galaxy Home Mini for real, a gigante coreana provavelmente nos contará mais nas próximas semanas.

Artigos Relacionados

Back to top button