Samsung deu detalhes sobre o sensor de 108MP do Galaxy S11

Prolongar o suspense não está mais na moda no Samsung. A marca de fato divulgou detalhes sobre seu sensor 108 MP ISOCELL Bright HMX recentemente em seu site oficial. Segundo rumores, este último deverá estar presente nos Galaxy S11 e S11+, cuja data de lançamento seria esperada durante o primeiro trimestre de 2020.

Esta é uma ótima notícia para os fãs da marca sul-coreana. O sensor já tendo se comprovado no Xiaomi Note 10, deve ser ainda mais eficiente nos próximos smartphones emblemáticos da Samsung.

Note-se que a gigante coreana ainda não confirmou que o sensor será realmente utilizado na próxima geração do Galaxy S. Assim, teremos que esperar que um anúncio oficial seja corrigido.

As câmeras dos smartphones da Samsung às vezes foram criticadas no passado, o que tirou a gigante de sua zona de conforto em várias ocasiões nos últimos anos. E obviamente não estamos no fim de nossas surpresas.

Samsung entra na corrida dos pixels

O ISOCELL Bright HMX de 108MP pode revolucionar a fotografia de smartphones. Tendo estreado no Mi Note 10, um smartphone de gama média da Xiaomi, este último não deixou de impressionar os utilizadores.

Esta é a primeira vez que a fabricante coreana de smartphones usa um sensor fotográfico com resolução tão alta. Será a primeira câmera da marca a ultrapassar 100 milhões de pixels.

Além disso, é o primeiro sensor de smartphone maior que 1/1,3 polegada. Em comparação, o Galaxy S10+ possui um sensor principal de 1/2,5 polegadas.

O Samsung ISOCELL Bright HMX, um poderoso sensor fotográfico

O sensor usa a tecnologia Smart-ISO. Isso significa que a sensibilidade ISO baixa é ativada à luz do dia e o ISO alto é ativado em locais com pouca luz. Dessa forma, deve-se obter melhor faixa dinâmica e menos ruído.

Mas isso não é tudo, a Samsung também integrará sua tecnologia de isolamento de pixel ISOCELL Plus no sensor. Este último consiste em cercar cada pixel com uma barreira, a fim de limitar a diafonia dos pixels. E, portanto, evitar que as cores dos pixels adjacentes se contaminem.

Além disso, a tecnologia TETRACELL da marca também estará presente a bordo deste sensor. Este último permite mesclar clusters de quatro pixels em um único pixel e, assim, melhorar o desempenho das câmeras em locais com pouca luz.

Artigos Relacionados

Back to top button