Robô nada e voa pelo ar usando a água como propulsão

Cientistas do Imperial College London criaram um novo robô de inspiração bio que se inspira em peixes voadores. O robô pode se impulsionar para fora da água e deslizar pelo ar. O desafio para robôs desse tipo é a transição da água para o ar.

Os pesquisadores dizem que a transição da água para o ar requer muita energia e que a energia necessária é difícil de produzir em um pequeno robô. Os pesquisadores do Imperial College London criaram um sistema pequeno e utiliza água do ambiente e 0,2 gramas de pó de carboneto de cálcio em uma câmara de combustão para criar a força necessária para o robô escapar da água.

O sistema possui apenas uma parte móvel, que é uma pequena bomba que traz água do ambiente do lago ou oceano em que o bot está. A água e o pó de carboneto de cálcio são combinados em uma câmara de reação para produzir gás acetileno queimado. Quando o gás se inflama e se expande, ele empurra a água como um jato que é capaz de empurrar o robô para fora da água e permitir que ele deslize por até 26 metros.

Robôs como esses são importantes para medir condições em oceanos ou lagos. A equipe testou o robô voador em um laboratório, em um lago e em um tanque de ondas. Eles descobriram que o robô voador pode escapar da superfície da água mesmo em “condições relativamente difíceis”.

A equipe diz que o robô pode pular várias vezes após reabastecer seu tanque de água. É capaz de flutuar na superfície da água e se mover para coletar amostras de vários pontos. O próximo passo é trabalhar com os parceiros para construir novos veículos usando materiais avançados e iniciar testes de campo em vários ambientes.

Artigos Relacionados

Back to top button