Resident Evil 3 Remake: linhas de código sugerem um lançamento do Switch

Os rastreadores de dados descobriram que a versão demo do Remake de Resident Evil 3 apresentava linhas de código que pareciam confirmar um futuro lançamento do Switch. O software está assim previsto, por enquanto, apenas para PS4, Xbox One e PC.

Para quem gosta de se surpreender, a Internet já havia se tornado um espaço difícil de entender com esses artigos com títulos mais do que evocativos, depois essas plataformas de vídeo cujas miniaturas de visualização diziam mais do que desejávamos. Hoje, a menos que se recusem a navegar nos sites mais proeminentes sobre o assunto, os entusiastas de videogames podem até conhecer o conteúdo íntimo de tal e tal título, se de fato o código do jogo em questão é objeto de escavações por entusiastas.

No caso que nos interessa aqui, a divulgação provavelmente não reduzirá o prazer que poderíamos ter em mãos do controlador. O site Rely on Horror relata que, enquanto eles vasculhavam o código para a demonstração do Remake de Resident Evil 3modder FluffyQuack e alguns outros fizeram uma descoberta interessante.

Resident Evil 3 Remake no Switch como Resident Evil VII?

No código estão escritas notificações como “Este jogo tem um recurso de salvamento automático, por favor, não desligue seu console”. Nesta situação específica, encontramos logicamente as plataformas destinadas a hospedar o título: PS4, Xbox One e PC.

Mas foi muito mais surpreendente ver o Switch nesta lista, enquanto a máquina da Nintendo não é uma daquelas em que Remake de Resident Evil 3 não será jogável a partir de 3 de abril. Pelo menos não as últimas notícias.

Também há menção à eShop nas lojas online dos fabricantes em questão, um aparente sinal adicional de que o Switch poderá finalmente ser servido mais cedo ou mais tarde. Pode, no entanto, tratar-se de uma “falta de jeito”, se é que se pode falar assim para linhas de código que não deveriam ser acessíveis ao público.

Se não, podemos imaginar um tratamento como para Resident Evil VII, ou seja, um título que só pode ser reproduzido em “streaming” (e exclusivamente no Japão para este exemplo)? A menos que a Capcom trabalhe para trazer seus Remake de Resident Evil 3 no Switch por força de concessões e otimizações. depois do milagre Super Street Fighter IV 3D no 3DS, tudo é possível, afinal.

Artigos Relacionados

Back to top button