Querendo romper com o Google, Cyanogen será financiada pela Microsoft

O Google quer impor sua lei em muitas áreas, mas principalmente no Android, onde o gigante das buscas obriga os fabricantes a usar o sistema operacional e querer oferecer acesso à Play Store para instalar vários aplicativos do Google em seus dispositivos. Não é do gosto de todos e foi assim que a Cyanogen decidiu se apresentar como a libertadora do Android.

Oferecendo uma das versões do Android mais usadas no mundo, a Cyanogen de fato declarou que quer “afaste-se do google” substituindo o ecossistema do Google e sua Play Store por sua própria loja de aplicativos. E parece que a Cyanogen terá o apoio da… Microsoft!

Cianogênio

De acordo com informações obtidas pelo Wall Street Journal, a Microsoft irá de fato investir em breve na Cyanogen. O valor exato do investimento ainda é desconhecido, mas deve fazer parte dos 70 milhões de dólares que a empresa vai liberar.

As condições impostas pela Google para que os fabricantes possam utilizar a Play Store são inúmeras. Ao oferecer seu próprio ecossistema, com condições de uso menos restritivas, Cyanogen poderia, portanto, atrair o favor dos fabricantes e, portanto, dos consumidores, se o catálogo da loja de aplicativos for suficientemente fornecido.

Ou seja, a Cyanogen tem uma carta para jogar deste lado e não hesitará em fazê-lo. Por outro lado, a vantagem que a Microsoft tem de investir na Cyanogen já é mais difícil de encontrar.

Atualmente, o Google tem uma esmagadora maioria do mercado Android e, ao romper com o Google, a Cyanogen poderia enfraquecer um pouco essa maioria. Lembre-se que a ROM tem cerca de 50 milhões de usuários, o que não é nada e que, portanto, ainda pode aumentar consideravelmente se os fabricantes se inclinarem para o Cyanogen.

Ao investir na Cyanogen, a Microsoft poderia, portanto, tentar enfraquecer o Google e não seria tão absurdo assim.

Através da

Artigos Relacionados

Back to top button