Quer um cérebro saudável? Estudo conclui que você deve se concentrar em fitness

Um grande estudo fora da Europa associou aptidão física a cérebros saudáveis ​​e melhor desempenho cognitivo. A pesquisa foi apresentada recentemente no Congresso da ECNP em Copenhague, onde cientistas alemães detalharam os resultados da análise de mais de 1200 exames de ressonância magnética cerebrais coletados no Human Connectome Project, um banco de dados muito grande comparado a muitos estudos que envolvem exames de ressonância magnética.

Embora estudos anteriores tenham analisado os possíveis vínculos entre aptidão física e saúde cerebral ou desempenho cognitivo, poucos analisaram essas duas categorias, embora respondessem por outros fatores potencialmente influentes, como idade e IMC. Os pesquisadores descobriram, entre outras coisas, que baixos níveis de condicionamento físico podem ter um impacto perceptível no desempenho cognitivo, mesmo em adultos jovens.

Os participantes do estudo tinham uma idade média de 30 anos. Além de contribuir com exames de ressonância magnética, os voluntários foram submetidos a dois testes simples: um teste de caminhada de dois minutos, durante o qual foram instruídos a andar o mais rápido possível, depois testes cognitivos para determinar seu nível de desempenho mental em áreas como nitidez e memória.

Depois de analisar os resultados, bem como as ressonâncias magnéticas, os pesquisadores descobriram que níveis mais altos de condicionamento estavam associados a substância branca mais saudável no cérebro e a um melhor desempenho nos testes cognitivos. Os resultados foram considerados surpreendentes, considerando a idade jovem dos voluntários que participaram do estudo.

Este estudo não é capaz de responder a uma pergunta importante, no entanto: melhorar o nível de condicionamento de alguém levará a uma melhoria semelhante no desempenho cognitivo e na saúde do cérebro? A equipe planeja realizar pesquisas futuras para determinar se esse é o caso. A pesquisa existente indica o potencial de melhoria em ambas as categorias, ressaltando a importância de permanecer fisicamente ativo.

Artigos Relacionados

Back to top button