Podemos ter encontrado o livro mais antigo de anatomia humana

1er Em setembro de 2020, os cientistas publicaram um artigo em que o atlas anatômico humano mais antigo foi projetado por estudiosos chineses. É uma série de textos impressos em seda. Esses documentos foram descobertos na década de 1970, em túmulos em Mawangdui, na China. Diz-se que este manual de 2.200 anos foi desenvolvido para fornecer uma breve descrição do corpo humano para estudantes e praticantes de medicina.

No entanto, na China antiga, os restos mortais dos ancestrais eram considerados sagrados, ao contrário dos infratores da lei. Assim, naquela época, os pesquisadores médicos se limitavam aos cadáveres de prisioneiros para realizar seus experimentos científicos.

Uma biblioteca cheia de livros

Este estudo foi liderado por Vivien Shaw, Professora de Anatomia da Universidade de Bangor, no País de Gales, Reino Unido. O resultado foi publicado originalmente na revista O registro anatômico.

Uma verdadeira dor de cabeça para os pesquisadores

Os textos foram escritos em caracteres chineses e as pessoas que os editaram usaram o termo “meridiano” para designar certas partes do corpo humano. este “estereotipia” tornou a compreensão do documento ainda mais difícil para a equipe de pesquisa.

Por exemplo, é descrito que um meridiano começa no centro da palma da mão, estende-se no antebraço, entre os dois ossos, seguindo reto ao longo dos tendões, movendo-se sob o tendão no bíceps, até a axila, e liga ao coração. Nessa descrição, o autor parece se referir ao trajeto da artéria ulnar, principal vaso sanguíneo do antebraço.

Em seguida, especifica que o meridiano do pé começa no dedão do pé e corre ao longo da superfície medial da perna e da coxa. Ele se conecta ao tornozelo, joelho e coxa movendo-se ao longo dos adutores da coxa e cobrindo o abdômen. Ali, o autor aparentemente faz alusão ao trajeto da veia safena longa, o canal que leva o sangue das pernas ao coração.

Uma controvérsia em torno da qualificação de “atlas anatômico”

O atlas anatômico mais antigo do corpo humano conhecido até hoje vem da Grécia. Diz-se que foi feito por médicos gregos antigos, como Herófilo (335-280 aC) e Erasístrato (304-c.250 aC). Infelizmente, a maioria desses textos foi perdida e sua existência é suportada apenas por outros relatos. Consequentemente, os dos chineses apoderam-se do recorde.

Agora é a qualificação de“atlas anatômico” que é objeto de controvérsia. Alguns cientistas, como Vivienne Lo, professora da University College London, e TJ Hinrichs, professor de história da Cornell University, acham inapropriado. Para eles, esses elementos deveriam ser considerados como simples mapas ou cartas arqueológicas.

Artigos Relacionados

Back to top button