Pode haver os fragmentos de um mundo alienígena sob seus pés

Dentro do nosso planeta, na parte mais baixa do manto, existem duas massas gigantes que os cientistas chamam de as maiores e mais estranhas estruturas da Terra. Essas massas são chamadas LLSVPs ou Grandes Províncias de Baixa Velocidade de Cisalhamento, uma sob a África enquanto a outra está enterrada sob o Oceano Pacífico. Segundo os cientistas, a massa dessas anomalias é tão grande que causam distúrbios como o enfraquecimento do campo magnético da Terra. No entanto, em termos da origem dessas massas, os cientistas têm várias ideias sem ter provas concretas.

O que é geralmente aceito é que essas duas massas enterradas estavam lá há muito tempo, talvez antes mesmo do impacto gigante que deu origem à Lua. Esse impacto envolveu o hipotético planeta Theia, que colidiu com a Terra há 4,5 bilhões de anos e criou a Lua a partir dos detritos produzidos. Mas hoje, os pesquisadores estão propondo uma nova hipótese que tenta vincular a existência dos misteriosos LLSVPs com o impacto entre a Terra e Theia.

Créditos Pixabay

De acordo com os resultados obtidos a partir de uma nova modelagem realizada por pesquisadores da Arizona State University, os LLSVPs podem ser fragmentos antigos de Theia. Esses fragmentos eram ricos em ferro e muito densos, fazendo com que eles afundassem muito no manto da Terra e permanecessem lá por bilhões de anos.

Densidade maior que a da Terra

De acordo com Qian Yuan, estudante de doutorado que estuda a dinâmica do manto na Arizona State University e primeiro autor do estudo, a hipótese do impacto gigante está entre os modelos mais examinados quando se trata da formação da Lua. No entanto, a evidência direta mostrando a existência de Theia ainda é incerta.

Yuan explica que eles demonstraram que o manto de Theia poderia ser inerentemente mais denso que o da Terra. Isso permitiu que os materiais de lá afundassem até a parte mais baixa do manto da Terra e se acumulassem em pilhas termoquímicas que poderiam ser a fonte de LLSVPs.

A verdadeira origem do LLSVP?

Ao longo dos anos, os cientistas já pensavam que os LLSVPs foram causados ​​pelo impacto de Theia. No entanto, este último estudo parece oferecer a formulação mais clara dessa hipótese. Além disso, os resultados obtidos também concordam com estudos posteriores que sugerem que certas assinaturas químicas relacionadas a LLSVPs são pelo menos tão primitivas quanto o impacto de Theia.

O estudo, apresentado recentemente na 52ªº Lunar and Planetary Science Conference, está atualmente sendo revisto para publicação na revista Geophysical Research Letters.

Artigos Relacionados

Back to top button