Pesquisadores imprimem primeiro coração humano com o biomaterial do próprio paciente

Pesquisadores imprimem primeiro coração humano com o biomaterial do próprio paciente

Pesquisadores da Universidade de Tel Aviv fizeram um avanço significativo na medicina. A equipe imprimiu com sucesso o primeiro coração vascularizado em 3D do mundo, usando as células e os materiais biológicos do paciente. Usar os materiais do paciente significa que a chance de rejeição de órgãos pelo corpo é praticamente nula.

At√© os pesquisadores fazerem essa descoberta, os cientistas s√≥ conseguiram imprimir tecidos simples sem vasos sangu√≠neos. Os pesquisadores da Universidade de Tel Aviv dizem que esta √© a primeira vez que algu√©m em qualquer lugar faz engenharia e imprime um cora√ß√£o inteiro com c√©lulas, vasos sangu√≠neos, ventr√≠culos e c√Ęmaras.

Este √© um avan√ßo importante, pois as doen√ßas card√≠acas s√£o a principal causa de morte em homens e mulheres nos EUA. No momento, a √ļnica solu√ß√£o para doen√ßas card√≠acas para alguns √© um transplante de cora√ß√£o, e h√° um n√ļmero limitado de doadores e, √†s vezes, o corpo do destinat√°rio rejeita os transplantes. Isso levou a um grande impulso na pesquisa m√©dica para desenvolver m√©todos de substitui√ß√£o de cora√ß√Ķes danificados que n√£o dependem de √≥rg√£os doados e reduzir a chance de rejei√ß√£o do √≥rg√£o doado pelo organismo.

A equipe n√£o est√° pronta para imprimir um cora√ß√£o do tamanho humano no momento; o cora√ß√£o que eles imprimiram √© do tamanho do cora√ß√£o de um coelho. A equipe diz que cora√ß√Ķes humanos maiores exigir√£o a mesma tecnologia. Nesta pesquisa, as c√©lulas para impress√£o 3D foram retiradas de uma bi√≥psia de tecido adiposo. A equipe ent√£o separou o material celular e o celular celular e reprogramou todas as c√©lulas para se tornarem c√©lulas-tronco pluripotentes.

Uma rede 3D de macromol√©culas extracelulares, incluindo col√°geno e glicoprote√≠nas, foi processada em um hidrogel que serviu de “tinta” para impress√£o. Ap√≥s a mistura com o hidrogel, as c√©lulas se diferenciaram eficientemente em c√©lulas card√≠acas ou endoteliais para criar adesivos card√≠acos com vasos sangu√≠neos, levando a um cora√ß√£o inteiro. A equipe acredita que em uma d√©cada poder√° haver impressoras de √≥rg√£os em hospitais ao redor do mundo.

0 Shares