Pesquisadores da NASA e do MIT exibem nova asa de avião flexível

NASA and MIT researchers show off new flexible airplane wing
Pesquisadores da NASA e do MIT exibem nova asa de avião flexível

Atualmente, as asas das aeronaves são sistemas complexos com muitas abas e componentes em movimento controlados por sistemas hidráulicos ou cabos, dependendo da aplicação. Pesquisadores da NASA e do MIT mostraram um novo design de asa que é flexível e capaz de mudar de forma para controlar o vôo. A equipe diz que o novo design pode aumentar significativamente a produção, o voo e a melhoria da eficiência da manutenção.

O novo design da asa foi testado em um túnel de vento. Seu design não depende de superfícies como ailerons para controlar o rolo e o pitch como uma asa convencional. Em vez disso, toda a asa, ou apenas partes dela, se deforma incorporando uma mistura de componentes rígidos e flexíveis em sua estrutura.

Os pequenos subconjuntos se unem para formar uma estrutura de treliça aberta e leve que é coberta por uma fina camada de um material polimérico semelhante. A asa resultante é muito mais leve e mais eficiente em termos de energia do que as asas convencionais feitas de metal ou compósitos. A nova estrutura de asa é feita de milhares de pequenos triângulos de suportes semelhantes a palitos de fósforo e é composta principalmente de espaço vazio.

O resultado da construção é um metamaterial com a rigidez estrutural de um polímero semelhante a borracha e extrema leveza e baixa densidade de um aerogel. A equipe projetou uma asa que carece de motores e cabos para deformação e usa um sistema que responde automaticamente às mudanças na carga aerodinâmica. Essencialmente, é um processo de reconfiguração de asa auto-ajustável para as diferentes fases do voo.

A asa é capaz de combinar a forma com as cargas em diferentes ângulos de ataque. Isso é feito com um design cuidadoso das posições relativas dos braços com diferentes quantidades de flexibilidade, permitindo que a asa se dobre em áreas de maneiras específicas em resposta a tensões específicas. Atualmente, a equipe está testando uma asa comparável ao tamanho da asa em uma aeronave monolugar.

0 Shares