Pesquisadores da ETH criam minúsculo espectrômetro de infravermelho

Pesquisadores da ETH criam minúsculo espectrômetro de infravermelho

Pesquisadores da ETH desenvolveram um espectrômetro infravermelho muito compacto, pequeno o suficiente para caber em um chip de computador e ainda oferece “possibilidades interessantes”. Os pesquisadores dizem que o chip seria utilizável no espaço e na vida cotidiana. Um exemplo é a integração em telefones celulares.

Com o pequeno espectrômetro infravermelho embutido em um smartphone, a equipe diz que o dispositivo pode fazer coisas como determinar o teor de álcool na cerveja ou a maturidade de um pedaço de fruta. O que torna o chip uma inovação tão grande é que os espectrômetros de infravermelho usados ​​atualmente para esses tipos de análise são grandes dispositivos que normalmente pesam vários quilos e são difíceis de integrar em um dispositivo portátil.

Um espectrômetro convencional divide a luz incidente em dois caminhos antes de refleti-la nos espelhos. Os feixes de luz refletida são recombinados e medidos com um fotodetector. Quando um espelho é movido, o padrão de interferência pode ser usado para determinar a proporção de diferentes comprimentos de onda em um sinal recebido.

A ETH usa o mesmo princípio para desenvolver o mini-espectrômetro, mas em seus dispositivos, a luz incidente não é medida por espelhos móveis. O dispositivo da ETH usa guias de onda especiais com um índice de refração óptico que é ajustado externamente por meio de um campo elétrico. A variação desse índice de refração tem um efeito semelhante ao movimento de espelhos.

Alterações na configuração do guia de ondas permitem que os pesquisadores examinem diferentes partes do espectro da luz. O novo espectrômetro tem outros benefícios significativos, incluindo o fato de precisar ser calibrado apenas uma vez em comparação com várias calibrações para espectrômetros normais. Também não possui partes móveis e requer menos manutenção. O dispositivo tem algum progresso a ser feito antes de poder ser usado em um dispositivo móvel.

0 Shares