Pearl: uma nova marca de acessórios para carros, de ex-alunos da Apple

Pérola claramente não é uma empresa como as outras. De facto, acaba de abrir as suas portas, mas isso não impede que seja a primeira página de todos os meios de comunicação anglo-saxónicos. Também deve ser dito que esta marca foi fundada por ex-funcionários da Apple, então isso provavelmente explica isso. Sim, e seu primeiro produto provavelmente interessará a muitas pessoas.

Os fundadores da Pearl têm uma visão bastante clara do mercado e acreditam que as melhores tecnologias automotivas devem ser acessíveis para tudo motoristas, e não apenas para aqueles que acabaram de comprar um carro novo de alta qualidade.

Pérola RearVision

Com base nessa observação, eles trabalharam em um primeiro produto na forma de uma câmera de ré sem fio.

RearVision, um design e câmera de ré sem fio

O RearVision, que é o seu nome, vem na forma de uma moldura de alumínio, uma moldura composta por duas câmeras e que será fixada na placa do carro. Além disso, não se preocupe, pois não será necessário ir ao mecânico local para colocá-lo no lugar: a instalação da peça é muito simples.

Mas este não é o seu único trunfo. Não, pois também não precisa de fonte de alimentação para funcionar. A Pearl, de fato, forneceu várias células fotovoltaicas colocadas em uma faixa de cabeça, células conectadas a uma bateria.

Basta expô-lo um dia inteiro ao sol para lhe dar… uma semana de autonomia.

O quadro também está equipado com um módulo de comunicação sem fio e tudo o que você precisa fazer é conectar um acessório na tomada OBD do veículo para recuperar o fluxo de vídeo capturado pelo dispositivo e enviá-lo para… a tela do smartphone.

E um aplicativo móvel como bônus!

Pearl também desenvolveu um aplicativo para facilitar nossa tarefa e nos permitirá alternar rapidamente entre a imagem capturada pelas câmeras e nossos aplicativos favoritos.

No momento, o RearVision está disponível apenas nos Estados Unidos e não é barato em outros lugares, pois custará nada menos que US $ 500 para colocar as mãos nele. Agora, a Pearl não pretende parar por aí, e os engenheiros da empresa estão trabalhando em outros produtos.

Só temos que esperar que estes sejam um pouco mais acessíveis.

Entretanto, importa referir que a empresa emprega 70 funcionários, incluindo 50 ex-engenheiros da Apple, engenheiros que trabalharam no iPhone e no iPod em particular.

Artigos Relacionados

Back to top button