Os óculos inteligentes do Facebook acabaram de encontrar suas lentes AR

Os óculos inteligentes do Facebook acabaram de encontrar suas lentes AR

O Facebook trancou um suprimento exclusivo de displays inteligentes para √≥culos, firmando um acordo com um especialista em microLED que poderia um dia colocar lentes digitais em computadores port√°teis. O acordo com a fabricante de displays brit√Ęnica Plessey seleciona rivais como Apple, Google e outros de um fabricante de telas de realidade aumentada, um movimento que pode ser crucial quando os dispositivos de AR ficarem prontos para o mercado nos pr√≥ximos anos.

A Plessey projeta e fabrica telas microLED emissivas de campo completo, que prometem alta densidade de pixels e alto brilho. As telas pequenas e de baixo consumo de energia variam de telas b√°sicas para mostrar informa√ß√Ķes simples sobre os √≥culos esportivos, at√© telas RGB Full HD que podem replicar uma interface de smartphone como se estivesse flutuando na frente do usu√°rio.

Mais especificamente, Plessey confia na produção de nitreto de gálio (GaN) em silício (Si), em vez de safira. A empresa diz que isso permite tamanhos maiores de wafer, o que, por sua vez, abre caminho para rendimentos maiores e displays mais acessíveis. Ao contrário do LCD, as telas microLED são emissivas e não requerem iluminação de fundo: isso gera um pacote menor em geral e requer menos energia.

Enquanto isso, o Facebook vem discutindo as possibilidades de óculos de realidade aumentada há alguns anos. A empresa Рdona da Oculus e cria uma variedade de fones de realidade virtual Рjá falou sobre o AR ser a próxima grande novidade para as redes sociais. No entanto, os aspectos práticos disso têm sido mais difíceis de definir.

Parece que o microLED ter√° um papel importante. Seu acordo com a Plessey far√° com que a empresa dedique suas opera√ß√Ķes de fabrica√ß√£o de LEDs “para ajudar o Facebook a prototipar e desenvolver novas tecnologias para uso potencial no espa√ßo AR / VR”.

Exatamente quando isso pode se traduzir em um produto comercial, √© claro, ainda est√° para ser visto. Mark Zuckerberg, do Facebook, disse anteriormente que os √≥culos inteligentes s√£o um foco para a empresa e previu que eles chegar√£o ainda nesta d√©cada, mas at√© agora as limita√ß√Ķes em torno de energia, conectividade e tecnologia de exibi√ß√£o fizeram com que ainda n√£o fosse pr√°tico.

Mesmo assim, o Facebook n√£o √© a √ļnica empresa que trabalha com √≥culos inteligentes. Acredita-se que a Apple esteja ocupada trabalhando com √≥culos digitais com iOS, enquanto o Google e outros tamb√©m s√£o vistos por considerar o fator de forma como um potencial segmento de crescimento al√©m dos smartphones. Parte do sucesso l√° √© obter a combina√ß√£o certa de fornecedores, algo que o Facebook entende claramente.

0 Shares