O Xiaomi Mi Mix agora vem em branco

Xiaomi surpreendeu a todos no final do ano passado ao levantar o véu em um telefone cuja tela cobre mais de 90% da superfície do aparelho: o Xiaomi Mi Mix. Ninguém tinha previsto. Esta semana, a fabricante aproveitou a última edição da CES para levantar o véu numa versão branca do seu terminal. Ela é absolutamente linda.

A apresentação deste dispositivo, ou melhor, desta variação, não é realmente uma surpresa. Várias fontes haviam mencionado sua existência no final do ano passado.

Xiaomi Mi Mix: imagem 1

No entanto, terá sido necessário esperar o pontapé inicial do famoso show americano para descobrir as primeiras imagens a respeito.

Xiaomi Mi Mix: uma bela versão branca

O Xiaomi Mi Mix estará, portanto, disponível em branco agora. Com acabamento fosco, para evitar impressões digitais. O efeito parece fazer sucesso e o próprio Hugo Barra disse que ficou totalmente seduzido por essa nova cor.

No entanto, o branco não tem apenas vantagens. Na verdade, tende a se destacar um pouco mais do que o preto. Uma história de contrastes, sem dúvida.

Concretamente, isso também significa que as bordas ao redor da laje são muito mais marcadas do que no modelo preto.

Quando a Xiaomi apresentou o Mi Mix, insistiu fortemente que a placa abraçasse as laterais do dispositivo, mas também sua borda superior. Na verdade, no entanto, isso não é totalmente correto e a tela é assim enquadrada por uma borda de alguns milímetros de espessura nessas bordas. Estes são rapidamente esquecidos no modelo preto, mas são muito mais visíveis nesta versão branca.

Nenhum lançamento internacional planejado

De resto, nada muda. O terminal herda a mesma folha de dados. Assim, tem um ecrã de 6,4 polegadas e um Snapdragon 821 acoplado a 4 ou 6 GB de RAM dependendo do modelo. O espaço de armazenamento começa em 128 GB, mas um segundo modelo pode chegar a 256 GB, no UFS 2.0.

Atrás, há também um sensor fotográfico traseiro de 16 milhões de pixels e uma câmera frontal de 5 milhões de pixels. Colocado sob a tela, é bastante discreto. A bateria tem capacidade de 4400 mAh e é compatível com Quick Charge 3.0.

O Xiaomi Mi Mix também possui um DAC de 24 bits / 192 kHz e um leitor de impressão digital traseiro. O preço do terminal ronda os 515€ e o fabricante não prevê de momento um lançamento internacional. De fato, Hugo Barra insistiu no fato de que o terminal é voltado principalmente para o mercado chinês.

Xiaomi Mi Mix: imagem 2

Artigos Relacionados

Back to top button