O Verizon OneSearch é alimentado por Bing, promete ser privado e …

Longe vão os dias em que quase qualquer um que possa configurar um servidor da Web ofereceria um mecanismo de pesquisa próprio. Hoje em dia, qualquer mecanismo personalizado é frequentemente usado pelo Google, Bing, DuckDuckGo ou Yandex e Baidu em determinados países. É exatamente isso que está acontecendo com o inesperado mecanismo OneSerch da Verizon, que na verdade fornece resultados do Microsoft Bing. Porém, não é isso que o torna interessante. Pelo contrário, é sua promessa de proteger a privacidade dos usuários que provavelmente não levará poucas sobrancelhas.

Na superfície, a Verizon promete que o OneSearch vai além da obrigação de proteger a privacidade do usuário, além de desativar os cookies de rastreamento e o histórico de pesquisas. Por exemplo, promete criptografar termos de pesquisa e não compartilha dados pessoais com os anunciantes. Tudo isso enquanto ainda há espaço para veicular anúncios contextuais.

A Verizon explica essa contradição por algumas exceções à sua política de não rastreamento. Por um lado, ele rastreia sua localização a partir do seu endereço IP, mas apenas até o nível da cidade. Ele também exibe anúncios apenas com base nos termos de pesquisa atuais e não se lembra deles nas pesquisas. Ele também promete que os links dos resultados de pesquisa, que já estão criptografados, também expirarão após uma hora.

Este é definitivamente um anúncio surpreendente do braço da Verizon Media, a divisão responsável por aquisições como Yahoo e AOL. Essa divisão não teve sucesso em lucrar com as caras aquisições da Verizon e essa última tentativa também não parece promissora. No momento, o OneSearch está disponível apenas para usuários norte-americanos por meio de navegadores da Web, mas prometeu que os aplicativos móveis chegarão no final deste mês.

Isso tudo intrigante se resume a quanto os usuários poderão confiar na Verizon. Mesmo desconsiderando os lapsos de privacidade e segurança do Yahoo (razão pela qual provavelmente não utilizou a tecnologia de mecanismo de busca que já possuía), a Verizon também esteve envolvida em alguns escândalos relacionados à privacidade.

Artigos Relacionados

Back to top button