O tecido futurista se ajusta automaticamente em temperaturas quentes e frias

O tecido futurista se ajusta automaticamente em temperaturas quentes e frias

Pesquisadores da Universidade de Maryland criaram um tecido inteligente que pode ajustar automaticamente suas propriedades térmicas para manter o usuário quente ou frio com base nas condições atuais. No verão, quando as condições são quentes e úmidas, por exemplo, o tecido se ajusta para que a radiação infravermelha possa passar, ajudando a manter o usuário fresco. Quando está mais seco e mais frio, o tecido muda para manter o usuário mais quente.

Segundo os pesquisadores, esta é a primeira vez que um tecido é desenvolvido que pode ajustar automaticamente suas propriedades isolantes com base em condições externas. A tecnologia gira em torno da radiação infravermelha, que é a principal maneira pelo qual o corpo libera seu calor.

O tecido realiza uma ação chamada ‘bloqueando’ a radiação infravermelha do corpo através do uso de metal condutor revestido em um tipo especial de fio de engenharia. Quando as condições são quentes e úmidas, essa tecnologia faz com que os fios do tecido se aproximem, abrindo os poros do tecido para que mais calor possa escapar.

Em condições mais frias e secas, o tecido retém mais calor infravermelho, fazendo com que o usuário fique mais quente. Como essas alterações são acionadas pelas condições em que o tecido reside, o usuário se beneficia automaticamente da regulação da temperatura sem precisar fazer nada.

Esse processo é descrito como quase instantâneo, o que significa que o tecido começará a acomodar uma mudança de temperatura antes que o usuário comece a sentir calor ou frio. O autor correspondente do artigo, Min Ouyang, descreveu o tecido futurista como “um verdadeiro regulador bidirecional”.

0 Shares