O “Screenwise Meter” do Google coleta dados de usu√°rios de maneira semelhante a …

O

Muitas empresas por aí coletam dados. Essa é uma realidade compreendida. No entanto, fazê-lo de maneira sombria não é uma boa opção para nenhum deles.

Atualizar:

‚ÄúO aplicativo Screenwise Meter para iOS n√£o deveria ter funcionado no programa corporativo para desenvolvedores da Apple – isso foi um erro e pedimos desculpas. Desativamos este aplicativo em dispositivos iOS. Este aplicativo √© completamente volunt√°rio e sempre foi. Fomos francos com os usu√°rios sobre a maneira como usamos seus dados neste aplicativo, n√£o temos acesso a dados criptografados em aplicativos e dispositivos, e os usu√°rios podem optar por n√£o participar do programa a qualquer momento. ‚ÄĚ

O artigo original continua abaixo.

Infelizmente, as empresas que s√£o abertas sobre a coleta de dados ainda encontram maneiras de fazer as coisas de maneira abaixo do ideal. Por exemplo, descobriu-se recentemente que o Facebook foi contra as pol√≠ticas da App Store da Apple, especificamente no que se refere a certificados corporativos, para coletar o m√°ximo de dados poss√≠vel de uma grande variedade de propriet√°rios de dispositivos. Enquanto faziam isso, estavam oferecendo cart√Ķes-presente de US $ 20 aos participantes, desde que estivessem dispostos a basicamente entregar todos os seus dados.

Agora, como relatado na quarta-feira por, acontece que o Google est√° fazendo a mesma coisa. Este aplicativo em particular √© chamado ‚ÄúScreenwise Meter‚ÄĚ e convida usu√°rios a partir dos 18 anos de idade para participar. Voc√™ pode ter at√© 13 anos e fazer parte do programa se fizer parte de um grupo familiar. Aqueles que se inscreverem obter√£o um c√≥digo especial e passar√£o por um processo de registro que usa um Certificado Corporativo espec√≠fico. Se isso soa familiar, √© porque √© um m√©todo muito semelhante ao usado pelo Facebook para seu pr√≥prio aplicativo.

Essa descoberta da metodologia do Facebook para tudo isso levou a Apple a obter o certificado para os aplicativos internos do Facebook com base no mesmo certificado. Desde então, o Facebook encerrou o controverso aplicativo VPN para iOS, mas ainda está trabalhando com a Apple para tentar trazê-lo de volta.

A pior parte da violação do Google aqui é que ela vem ocorrendo, de acordo com o relatório:

‚ÄúLan√ßado em 2012, o Screenwise permite que os usu√°rios ganhem cart√Ķes-presente para carregar um aplicativo VPN baseado em certificado corporativo que permite ao Google monitorar e analisar seu tr√°fego e dados. O Google renomeou o programa como parte dos programas Cross Media Panel e Google Opinion Rewards, que recompensam os usu√°rios pela instala√ß√£o de sistemas de rastreamento em seus telefones celulares, navegadores de computadores, roteadores e TVs. ‚ÄĚ

Por seu lado, o Google √© franco quanto ao envolvimento direto, al√©m das recompensas. H√° tamb√©m um “Modo Convidado” que pode ser ativado, o que limita o rastreamento e o monitoramento de dados.

Entretanto, esse aplicativo parece violar as pol√≠ticas da Apple da mesma maneira que o aplicativo VPN para iOS da Facebook Research. Ser√° interessante ver o que acontece a seguir, especialmente com a a√ß√£o r√°pida da Apple contra o Facebook. Com os dois aplicativos sendo processados ‚Äč‚Äčda mesma maneira, √© l√≥gico, e at√© mesmo esperado, que o Screenwise Meter seja retirado da App Store em pouco tempo.

[via TechCrunch]

0 Shares