O rosto de Rafael reconstruído para resolver um mistério antigo

Raffaello Sanzio, mais conhecido como Rafael, é um dos maiores pintores da história da humanidade. Durante o Renascimento, foi considerado um dos mais famosos ao lado de Michelangelo e Leonardo da Vinci. Rafael produziu obras no Vaticano, entre outros, cujos museus contêm salas repletas de seus afrescos.

O famoso pintor italiano morreu em 1520 quando tinha apenas 37 anos e foi sepultado no Panteão de Roma. Durante o 19e século, foi decidido exumar seu corpo e fazer uma réplica em gesso de seu crânio. No entanto, os especialistas não tinham certeza se era realmente dele, já que vários de seus alunos também foram enterrados com ele, e alguns esqueletos não identificados também foram descobertos na tumba. É aí que entra uma equipe da Universidade Tor Vergata, em Roma, que usou a tecnologia 3D para reconstruir o rosto de Raphael com base na réplica.

Graças a essa modelagem computacional, os pesquisadores conseguiram resolver esse antigo mistério, pois conseguiram confirmar de uma vez por todas que a réplica é de fato a do crânio de Rafael.

Um resultado que não engana

Do resultado obtido, fica claro que a reconstrução 3D corresponde aos retratos de Rafael que foram desenhados na época por outros artistas. Há também autorretratos feitos pelo próprio artista. Segundo Mattia Falconi, especialista em biologia molecular, eles finalmente têm provas concretas de que o esqueleto exumado em 1833 era de fato o de Rafael.

Em relação à técnica utilizada, os especialistas indicam que ela só consegue reproduzir 80% da face original. No entanto, não pode haver dúvida quanto ao dono do rosto.

O próximo passo

Após essa confirmação em relação ao dono do crânio, os pesquisadores também esperam fazer mais análises para poder determinar a cor dos olhos e cabelos do pintor italiano. Além disso, estava planejado exumar o corpo de Raphael novamente durante este ano de 2020 para realizar outros exames, infelizmente, a pandemia de Covid-19 colocou esse projeto em espera.

De qualquer forma, enquanto aguardam que os pesquisadores continuem suas pesquisas sobre o esqueleto de Rafael, um busto impresso em 3D em tamanho real que o representa será exibido no museu Urbino, na Itália. É nesta cidade que fica na região de Marche que nasceu o famoso pintor.

https://phys.org/news/2020-08-raphael-reconstructed-tomb-mystery.html

Artigos Relacionados

Back to top button