O Poço do Inferno finalmente explorado

Uma equipe de espeleólogos de Omã tentou resolver o mistério do Poço do Inferno, localizado em Barhout, no Iêmen. Com 30 metros de largura e cerca de 112 metros de profundidade, o poço de Barhout sempre foi motivo de medo para a população local que o considera uma prisão para demônios.

Durante a investigação, os pesquisadores não encontraram sinais do sobrenatural dentro do poço. Por outro lado, descobriram cobras, restos de animais mortos e pérolas cinzentas e verdes das cavernas que foram formadas pelas gotas de água.


Um buraco profundo no escuro
Imagem por moritz320 do Pixabay

Para Mohammed al-Kindi, professor de geologia da Universidade de Tecnologia Alemã em Omã e dono de uma empresa de consultoria em mineração e petróleo, o projeto tratava de mostrar ao mundo uma nova maravilha e parte da história do Iêmen.

O que há no Poço do Inferno?

Durante sua descida ao Poço do Inferno, os espeleólogos coletaram várias amostras de rochas, solo, água e alguns animais mortos. Essas amostras serão posteriormente analisadas e os resultados serão incluídos em um relatório a ser publicado em breve.

Até agora, ninguém sabia exatamente o que o poço continha. De acordo com autoridades no Iêmen, “as autoridades deste país muito pobre e devastado pela guerra nunca chegaram ao fundo do poço”. Eles estimam, no entanto, que o abismo deve ter vários milhões de anos.

Salah Babhair, director-geral da autarquia local responsável pelo levantamento geológico e recursos minerais, disse já ter visitado a zona onde se encontra o poço e entrado no seu interior. No entanto, quando alcançassem 50 a 60 metros de profundidade, teriam notado coisas “estranhas”. Babhair insistiu que era algo “muito misterioso”.

Os habitantes têm medo do poço

Ao longo dos séculos, lendas sobre o poço foram transmitidas através das gerações. De acordo com essas lendas, espíritos malignos chamados “jinns” vivem no poço. Por medo de azar, os habitantes da região não se atrevem a se aventurar perto da área e até evitam falar sobre o assunto.

Num país onde a fome atinge a maioria da população, composta por 30 milhões de habitantes, e que depende 80% da ajuda internacional, não é de estranhar que os habitantes dêem tanto crédito às lendas e ao sobrenatural. Observe que desde 2014, o país está mergulhado em uma guerra civil entre o governo e os rebeldes houthis. A guerra matou dezenas de milhares de pessoas e forçou milhões a se mudarem.

s https://www.larepubliquedespyrenees.fr/societe/afp/france-monde-societe/au-yemen-des-speleologues-explorent-le-mysterieux-puits-de-l-enfer-6101793.php?utm_source=pocket_mylist

Artigos Relacionados

Back to top button