O Microsoft Code Jumper é uma ferramenta de programação física para crianças cegas

O Microsoft Code Jumper é uma ferramenta de programação física para crianças cegas

A Microsoft desenvolveu um produto que apresenta crianças cegas ao mundo da codificação. Chamado Code Jumper, este produto é o resultado do Project Torino, um projeto de pesquisa que foi testado na New College Worcester em 2018. Segundo a Microsoft, o Code Jumper apresenta uma linguagem de programação física que aumenta a acessibilidade da codificação.

O Projeto Torino foi testado pelo New College Worcester, uma institui√ß√£o do Reino Unido com estudantes cegos e com baixa vis√£o. Ap√≥s esse teste, a Microsoft desenvolveu o Code Jumper, o dispositivo que possui bot√Ķes, bot√Ķes e fios que conectam c√°psulas de pl√°stico. Gra√ßas a esses componentes f√≠sicos, os alunos cegos podem criar seus pr√≥prios programas para v√°rias fun√ß√Ķes que incluem tocar m√ļsica e contar hist√≥rias.

O sistema foi projetado para ensinar √†s crian√ßas habilidades b√°sicas de programa√ß√£o, incluindo coisas como vari√°veis, sequ√™ncia, sele√ß√£o e itera√ß√£o. Al√©m disso, o produto ajuda esses alunos a aprender a “pensar computacionalmente”, de acordo com a Microsoft, oferecendo v√°rias maneiras de resolver os mesmos problemas de um exemplo.

A Microsoft planeja entregar o Code Jumper, incluindo tecnologia e pesquisa, à American Printing House for the Blind, com sede em Kentucky. A organização sem fins lucrativos disponibilizará o Code Jumper para estudantes em todo o mundo na próxima meia década, visando principalmente crianças de 7 a 11 anos.

O grande benefício para o Code Jumper, é claro, é sua capacidade de ajudar as crianças a aprender habilidades básicas de programação que podem levar a uma futura carreira em codificação. Embora existam outros sistemas para deficientes visuais, eles são descritos como desajeitados, desatualizados ou inadequados para atender às necessidades de alguém cego ou com baixa visão.

0 Shares