O falso ícone 5G da AT&T é agora objeto de um Sprint …

O falso ícone 5G da AT&T é agora objeto de um Sprint ...

Em dezembro, a AT&T começou a lançar a marca “5G E” para alguns dos telefones de sua rede. 5G E, como afirma a AT&T, significa “5G Evolution”, ou o precursor das operadoras de redes 5G em todo o país estão começando a se desenvolver. Há apenas um problema: a AT&T ainda não oferece telefones compatíveis com 5G, e o que chama de “5G E” é na verdade apenas 4G LTE Advanced.

Embora o 4G LTE Advanced seja certamente mais capaz que o LTE padrão, ele não é 5G em nenhum sentido real. Essa decisão de marcar as conexões 4G LTE Advanced como 5G E é uma que atrai muita ira de consumidores e concorrentes, mas a AT&T avançou, lançando anúncios divulgando o 5G Evolution e atualizando telefones em sua rede para levar a marca questionável.

A resposta dos maiores concorrentes da AT&T foi variada. A T-Mobile se contentou em assar a AT&T no Twitter, enquanto a Verizon publicou uma carta séria pedindo à indústria móvel em geral para não ceder à tentação de enganar os clientes com marcas falsas. A resposta da Sprint, no entanto, é muito mais séria, pois abriu um processo contra a AT&T com a marca 5G E no centro dela.

A ação, que foi carregada pela Engadget na Scribd, alega que a AT&T está participando de publicidade falsa e enganosa para obter uma vantagem injusta sobre seus concorrentes. A Sprint argumenta que a AT&T está enganando os consumidores ao pensar que está oferecendo algo que outras operadoras não oferecem, quando na realidade está simplesmente oferecendo 4G LTE Advanced, algo que os consumidores já estavam usando independentemente da operadora de sua escolha.

A Sprint também argumenta que o engano da AT&T está funcionando em algum nível, citando uma pesquisa encomendada que mostra 54% dos consumidores que acreditam que “a rede ‘5GE’ da AT&T é igual ou melhor que uma rede 5G”, enquanto 43% dos consumidores acreditam que a AT&T está vendendo atualmente telefones capazes de se conectar a redes 5G. A partir deste momento, em fevereiro de 2019, não há telefones compatíveis com 5G disponíveis para compra, pois as operadoras estão apenas começando a colocar suas redes 5G em operação.

A Sprint diz no processo que a concorrência no setor de telefonia móvel, especificamente entre as quatro grandes operadoras, é acirrada e, como a maioria das pessoas nos EUA tem telefones celulares, as operadoras hoje em dia normalmente adquirem novos clientes afastando-os dos concorrentes. As operadoras que oferecem uma tecnologia mais avançada têm uma “vantagem competitiva significativa” em relação a outras empresas.

Obviamente, teremos que esperar e ver como tudo isso se desenrola, mas a Sprint faz alguns pontos bem válidos. Na realidade, não há nada “5G” na rede “5G E” da AT&T, e a AT&T recebeu muitas críticas justificadas por tentar passar o 4G LTE Advanced como algum tipo de implementação 5G. Veremos se o tribunal concorda que a AT&T engana intencionalmente os consumidores para obter vantagem competitiva em breve, portanto, fique atento.

0 Shares