O extrato de ch√° verde pode ter como alvo problemas comuns no f√≠gado, mas o exerc√≠cio √© …

O extrato de chá verde pode ter como alvo problemas comuns no fígado, mas o exercício é ...

A doen√ßa hep√°tica gordurosa n√£o alco√≥lica √© um problema de sa√ļde comum, sem op√ß√£o √ļnica de tratamento padr√£o. Se for permitido progredir sem controle, a condi√ß√£o pode levar a danos no f√≠gado, tornando importante tratar de qualquer problema de sa√ļde que resultou na doen√ßa. A obesidade √© um fator importante no desenvolvimento dessa condi√ß√£o, que pode ser reduzida pela combina√ß√£o de exerc√≠cios com extratos de ch√° verde comumente dispon√≠veis.

Leia: Composto encontrado em alguns vegetais pode tratar doença hepática

O novo estudo vem da Penn State University; envolveu ratos que foram alimentados com uma dieta rica em gorduras para induzir a doença hepática gordurosa relacionada à obesidade.

Os ratos foram incumbidos de se exercitar correndo em uma roda e também foram alimentados com extrato de chá verde como parte de sua dieta. Embora os ratos se beneficiem apenas do exercício e apenas do extrato de chá verde, combiná-los pode ser particularmente benéfico.

Por um lado, os pesquisadores descobriram que os ratos alimentados com o extrato e encarregados de se exercitar mostraram maior express√£o g√™nica relacionada √† forma√ß√£o de novas mitoc√īndrias. O professor associado de ci√™ncia de alimentos da Penn State, Joshua Lambert, explicou:

Medimos a expressão de genes que sabemos que estão relacionados ao metabolismo energético e desempenham um papel importante na utilização de energia. Nos camundongos que receberam o tratamento combinado, observamos um aumento na expressão de genes que não existiam antes de consumirem extrato de chá verde e se exercitarem.

A pesquisa anterior da equipe sobre exerc√≠cios e extrato de ch√° verde vinculou essa combina√ß√£o √† melhoria da sa√ļde cardiovascular em roedores alimentados com uma dieta rica em gordura; tamb√©m ‘reduziu drasticamente’ seu IMC. Desta vez, os pesquisadores observaram que os ratos com uma dieta rica em gorduras que receberam essa combina√ß√£o tamb√©m experimentaram uma redu√ß√£o na gravidade da doen√ßa hep√°tica gordurosa relacionada √† obesidade em 75%. Verificou-se que os ratos que receberam um ou outro tratamento tiveram uma redu√ß√£o de cerca de 50% em compara√ß√£o com os ratos controle.

Com isso dito, os pesquisadores alertam que este estudo envolveu ratos, n√£o humanos, e que pesquisas adicionais s√£o necess√°rias para determinar se resultados semelhantes seriam experimentados por pessoas e se existem efeitos colaterais. Lambert explicou: ‘A combina√ß√£o dos dois pode trazer benef√≠cios √† sa√ļde das pessoas, mas ainda n√£o temos os dados cl√≠nicos’.

0 Shares