O criador por trás do Game Boy explica por que ele deixou a Nintendo

Gunpei Yokoi, o criador do sucesso do Nintendo Game Boy e do desastroso Virtual Boy, explicou em um relatório recém-publicado por que ele deixou a empresa. Yokoi morreu tragicamente em 1997, mas o equívoco comum é que ele deixou a empresa baseada em Kyoto devido ao fracasso do Virtual Boy, mas esse não é o caso. Aqui está o que o falecido Sr. Yokoi tinha a dizer:

“Depois de mais de trinta anos, deixei a Nintendo”, escreveu Yokoi. “Depois de me formar na universidade, eu estava na Nintendo trabalhando o tempo todo em brinquedos, mas no momento de 55 anos, pensei em trabalhar em um emprego que me desse ainda mais liberdade com minhas idéias”.

“Um dia antes de me aposentar [from Nintendo], O Nikkei fez um grande recurso para mim ”, escreveu Yokoi, acrescentando que o jornal dizia que ele estava fazendo isso para assumir a responsabilidade pelo fracasso do Virtual Boy. “Na realidade”, continuou Yokoi, “não me demiti por ‘assumir a responsabilidade pelo fracasso do Garoto Virtual’”.

“Desde então, eu pensava que, quando completasse 55 anos, queria me tornar independente.”

“Dito de outra maneira”, Yokoi escreveu mais adiante no artigo, “eu tive uma vida inteira de idéias e continuei fazendo brinquedos. Continuar aprimorando a filosofia corporativa da Nintendo de ‘brinquedos de nicho’ – essa é a única razão pela qual me demiti. ”

Fonte

Artigos Relacionados

Back to top button