Novo processo de conversão química transforma resíduos plásticos em combustível

Novo processo de conversão química transforma resíduos plásticos em combustível

Um dos maiores problemas que o ambiente da Terra enfrenta atualmente é a abundância de resíduos de plástico. Estima-se que 5 bilhões de toneladas de plástico estejam coletando em aterros ou enchendo os oceanos e, se não forem abordadas, afetarão as próximas décadas degradando-se em produtos químicos tóxicos, poluindo a terra e o mar e destruindo os habitats da vida selvagem. Como a pesquisa científica procura uma solução, uma opção possível é tentar transformar os resíduos em uma fonte de combustível utilizável.

Um grupo de químicos da Universidade de Purdue desenvolveu um novo processo que pode converter tipos comuns de plástico em um combustível semelhante à gasolina e ao diesel. Sua pesquisa, publicada recentemente na ACS Sustainable Chemistry and Engineering, detalha como o polipropileno, que é freqüentemente encontrado em brinquedos, dispositivos médicos e embalagens de alimentos, pode ser convertido em combustível puro o suficiente para ser usado em veículos a motor.

Os pesquisadores explicam que seu processo de conversão usa água supercrítica, ou água que possui as características de um líquido e um gás com base nas condições de pressão e temperatura. Especificamente, eles aqueciam a água até ficar entre 716 e 932 graus Fahrenheit, com pressões que eram 2.300 vezes mais encontradas no nível do mar. Foi descoberto que o polipropileno purificado se transformaria em óleo quando adicionado a essa mistura, com o processo de conversão levando menos de uma hora a 850 graus Fahrenheit.

Diz-se que o polipropileno compõe cerca de um quarto dos 5 bilhões de toneladas de resíduos plásticos do mundo, mas a pesquisadora-chefe Linda Wang acredita que seu novo processo pode converter 90% do polipropileno em combustível. Não há informações sobre como ou quando esse processo de conversão pode ser amplamente implementado, mas Wang diz que o setor de reciclagem deve ser motivado a se mover rapidamente, pois o combustível que produz pode ser vendido com lucro.

0 Shares