Nova Zelândia: rede 5G será implantada sem Huawei

Huawei não está em uma situação fácil. Embora a líder chinesa de smartphones tenha sido banida dos Estados Unidos e da Austrália por motivos de segurança nacional, agora é a vez da Nova Zelândia fechar as portas de seu mercado.

Os serviços de segurança da Nova Zelândia acabaram de proibir a Spark, a principal operadora de telecomunicações do país, de usar equipamentos da marca Huawei para o desenvolvimento e implantação da futura rede 5G em toda a Nova Zelândia.

A notícia foi anunciada em um comunicado da Spark em 28 de novembro de 2018.

Uma ameaça à segurança nacional

No seu comunicado de imprensa, a Stark explica que pensou principalmente em utilizar os equipamentos informáticos da Huawei para a implementação da sua rede 5G. Somente quando o projeto foi submetido ao Government Communications Security Bureau (GCSB), o chefe do executivo, Andrew Hampton, rejeitou a ideia.

“O CEO informou a Spark que considera que a proposta da empresa de usar o equipamento 5G da Huawei no futuro 5G RAN da Spark, se implementada, representaria riscos significativos à segurança nacional. » liberar o comunicado de imprensa.

Assim como os Estados Unidos e a Austrália, a Nova Zelândia teme que os equipamentos fornecidos pela Huawei sejam um dia usados ​​como ferramenta de espionagem pela China.

Huawei se defende, mas Estados Unidos pede boicote aos seus equipamentos

Nos últimos meses, a Huawei enfrentou desconfiança de muitos governos. Se os Estados Unidos, a Austrália e agora a Nova Zelândia decidiram prescindir do equipamento informático da gigante chinesa, outros países como França e Alemanha relutam em confiar nele. O motivo: a “proximidade” da Huawei com Pequim.

No entanto, a empresa proclama em alto e bom som sua independência em relação ao Império do Meio. Em seu site, o grupo chinês apoia “ adotar uma atitude aberta, transparente e sincera “adicionando que a empresa” está disposta a trabalhar com todos os governos, clientes e parceiros para abordar conjuntamente as ameaças e os desafios de segurança cibernética. »

Isso sem levar em conta a campanha de difamação atualmente empreendida pelos Estados Unidos. Washington convida seus aliados a boicotar os equipamentos de informática da Huawei para a implementação de sua rede 5G. Para a Huawei, é um verdadeiro desastre porque vários bilhões em faturamento ao longo de vários anos estão escapando de seus dedos.

Artigos Relacionados

Back to top button