Nos Estados Unidos, anexar armas a um drone está sujeito a multa

Na quinta-feira, 22 de agosto, a Administração Federal de Aviação (FAA) emitiu um comunicado que proíbe estritamente transformar drones em armas por motivos de segurança pública. Entusiastas de armas e consertadores de drones só precisam ficar atentos ao risco de serem multados.

Observe que isso é apenas um lembrete, pois a lei que regulamenta a adição de armas a drones foi promulgada em 5 de outubro de 2018. Somente operadores que obtiveram autorização específica da FAA estão autorizados a fabricar ou manipular tais dispositivos.

drone

Este é um bom exemplo dos Estados Unidos, que podem se gabar de ser o primeiro país a adotar tais regulamentações.

“Uma mistura perigosa”

Nos últimos anos, vídeos e fotos de drones com armas, fogos de artifício, lança-chamas ou até bombas ligadas a eles têm sido bastante comuns na Net. Foi isso que levou a FAA a lembrar que o coquetel de armas de drones é realmente perigoso.

Para usar a frase da FAA, anexar armas a um drone pode “causar danos significativos a uma pessoa e à sua conta bancária. » Sim, o governo não está brincando, porque a multa para os detentores de drones armados pode chegar a 25.000 dólares, ou cerca de 22.000 euros.

Civis com armas mortais

Desde o aparecimento comercial dos drones há alguns anos, muitos americanos se divertiram anexando armas a esses dispositivos. Em 2015, um amador em Connecticut publicou uma série de vídeos apresentando um drone armado com uma pistola semiautomática e também um lança-chamas.

Mas isso não é tudo, porque esse fenômeno se estende muito além do país do Tio Sam com combinações bastante excêntricas como o combo drone + motosserra testado pelos russos. Um brasileiro também foi visto online causando confusão em uma festa não muito longe de sua casa com um drone equipado com fogos de artifício.

O pior é que os vídeos são amplamente divulgados nas redes sociais, e não deixam de incentivar as pessoas inteligentes a fazerem o mesmo em casa. Assim, para levar a mensagem aos jovens, o governo norte-americano não hesitou em usar uma espécie de meme como ilustração, algo raro em um comunicado oficial desse tipo.

Artigos Relacionados

Back to top button