Nintendo Switch feito para rodar Halo via emulador XQEMU no Linux

Nintendo Switch feito para rodar Halo via emulador XQEMU no Linux

A Nintendo não gosta de emuladores. Exceto aqueles que usa e envia por si próprio, isto é. Também não gosta das pessoas que invadiram seus consoles para fazê-las fazer coisas que a gigante dos jogos nunca poderia imaginar nem permitir. No entanto, esses dois não colidiram com o Nintendo Switch, pois o hacker e modder Voxel9 demonstraram o console de jogos portáteis executando um jogo Xbox jogado com um controlador PlayStation através de um emulador rodando no sistema operacional Ubuntu Linux. Deixe isso afundar por um tempo.

O Nintendo Switch foi quase um dos hardwares da Nintendo mais difíceis de invadir. Graças a um bug de hardware não detectável no chip NVIDIA Tegra, no entanto, as portas foram totalmente abertas, permitindo até mesmo um desktop Ubuntu Linux completo. E quando você pode executar o Linux em alguma coisa, é apenas uma questão de tempo para executar tantas outras coisas.

Chegou a hora de emular o Xbox. Voxel9 explica que o emulador XQEMU para Xbox compila com êxito em um Ubuntu Linux4Tegra modificado. Divertidamente, a versão básica do Linux4Tegra é desenvolvida e lançada pela própria NVIDIA, mas não para o Switch. Mas enquanto o XQEMU constrói e executa, ele não é compatível com os Joy-cons do Switch, daí a necessidade de um controlador sem fio externo. Como o controle do PS4.

Dizem que só porque você poderia, não significa que deveria. É definitivamente interessante, até empolgante, ver jogos como o Hero ou o Jet Set Radio Future original rodando em um dispositivo para o qual nunca foi planejado. A qualidade da experiência, no entanto, significa que você não a usará para jogar jogos do Xbox tão cedo.

Felizmente para esses hackers e modders, eles podem ter todo o tempo necessário para aprimorá-lo o máximo possível tecnicamente, considerando o hardware. A Nintendo não poderá fazer nada para fechar a exploração que torna isso possível, e o máximo que eles podem fazer é ameaçar as pessoas com ações legais.

0 Shares