Nintendo está finalmente interessada em smartphones e touch pads

nintendo encontra-se numa situação bastante delicada. Se o 3DS está vendendo muito bem nos Estados Unidos, na verdade não é o mesmo para o Wii U, que agora deve enfrentar dois concorrentes fortemente armados, o PS4 e o Xbox One. Se a empresa inicialmente planejava vender 9 milhões de cópias durante seu ano fiscal, teve que revisar suas reivindicações para baixo na semana passada: agora, ela está contando com 2,8 milhões de vendas, um corte limpo de 69%. Em suma, Satoru Iwata teve de agir e aproveitou uma conferência de imprensa organizada no Japão para anunciar boas notícias. A Nintendo agora se concentrará em terminais inteligentes.

De acordo com as suas declarações, a Nintendo está neste momento a pensar numa nova estratégia e fala-se mesmo numa grande reformulação da estrutura e oferta da empresa para que seja mais alinhado com o mercado atual, e com novos usos digitais. Satoru Iwata deseja assim usar smartphones e touch pads como alavancas para promover o ecossistema de sua empresa.

Nintendo iOS Android

Até que ponto? A questão toda está aí, e parece que a Nintendo está examinando muitos caminhos. Interessante, especialmente quando você sabe que a empresa está em processo de desenvolvimento de aplicativos móveis. E embora as supostas funções deste último ainda não sejam conhecidas, elas teriam sido projetadas precisamente para dar “uma visão geral da experiência da Nintendo” e, portanto, fazer com que os usuários móveis queiram investir em um console da gigante japonesa.

Os próximos meses devem, portanto, ser muito agitados e, portanto, podemos esperar uma série de anúncios importantes. Tudo é possível, claro, mas não se alegre muito rapidamente: seria muito surpreendente se Mario, Yoshi, Link, Donkey e todos os outros chegassem à App Store ou à Play Store. A menos que a Nintendo produza minijogos explorando suas várias licenças, é claro.

Através da

Artigos Relacionados

Back to top button