Nintendo confirma que cerca de 300.000 contas de usuários foram comprometidas

Enquanto nintendo havia comunicado anteriormente sobre um número de cerca de 160.000 contas de usuários hackeadas recentemente, a empresa acaba de aumentá-lo confirmando que 300.000 contas foram comprometidas. Mas fiquemos tranquilos: apenas menos de 1% desses acessos não autorizados realizaram compras.

Em meio a um período de confinamento global ligado à pandemia de Covid-19, a Nintendo se deparou com um novo adversário: a pirataria em massa.

Um Nintendo Switch rodando Fortnite

Em abril passado, a empresa japonesa reconheceu que até 160.000 contas de usuários acabaram de ser vítimas de uma violação de segurança.

Como resultado, a Nintendo tinha, em particular, “desativado a capacidade de entrar na sua conta Nintendo usando uma Nintendo Network ID”. Uma atualização do case feita em 9 de junho no site oficial do fabricante (em japonês) revela que muitas outras contas foram de fato comprometidas.

Menos de 1% dos usuários ilegais de contas Nintendo fizeram compras

Ao adicionar 140.000 acessos ilegais ao número anunciado anteriormente, a Nintendo acaba de confirmar que a violação de segurança finalmente afetou cerca de 300.000 contas de usuários. Apesar de tudo, menos de 1% destes acessos não autorizados deram origem a transações, e a Nintendo pretende ressarcir os clientes lesados ​​nos vários territórios em causa.

Citado pela VGC, um estrategista de segurança cibernética que trabalha para a empresa Proofpoint indica que as empresas de entretenimento são particularmente visadas por hackers por um motivo muito específico:

“À medida que as pessoas em todo o mundo são instruídas a ficar em casa devido à pandemia de coronavírus, muitas estão recorrendo a esses serviços de streaming para entretenimento”.

E de acordo com Adenike Cosgrove, essa situação não deve melhorar:

“Os invasores provavelmente seguirão esse padrão e aumentarão seus roubos e vendas de credenciais. Recomendamos que os consumidores tomem algumas medidas simples para proteger suas contas e identificar e remover quaisquer usuários não autorizados”.

No caso da Nintendo, é recomendável passar pela autenticação em duas etapas para melhor se proteger de qualquer tentativa fraudulenta de acessar sua conta. Como lembrete, o procedimento a seguir é fornecido no site do fabricante neste endereço.

Artigos Relacionados

Back to top button