Não, a Samsung não processou um de seus embaixadores por usar um iPhone X

Samsung se envolveu em um caso bizarro no início da semana, quando vários veículos russos alegaram que a marca havia apresentado uma queixa contra um de seus embaixadores por usar um iPhone X na TV. A informação também dava conta de uma grande soma de dinheiro, uma soma que chega a 1,6 milhão de dólares. No entanto, de acordo com a BBC, a informação era totalmente falsa.

A Samsung, como muitos fabricantes agora, criou um programa de embaixadores em muitos países.

facepalm

A Rússia não foge à regra e a escolha da marca coreana recaiu sobre Ksenia Sobchak, personalidade russa de televisão e rádio.

Ksenia Sobchak, embaixadora da Samsung na Rússia

Verdadeira figura em ascensão no panorama audiovisual russo, Ksenia Sobchak também é filha do primeiro prefeito eleito de São Petersburgo e decidiu em 2011 seguir os passos do pai e, assim, embarcar na carreira política.

Muito presente nas redes sociais, a russa é seguida por pouco mais de cinco milhões de pessoas nas redes sociais e é considerada uma das maiores influenciadoras do país.

A Samsung obviamente seguiu sua carreira com o maior cuidado e a empresa coreana acabou oferecendo-o para participar de seu programa de embaixadores e assim se tornar sua figura pública em território russo. Ela aceitou.

Os embaixadores que desejam representar uma marca devem, obviamente, respeitar certas condições estritas e, em particular, devem evitar ao máximo aparecer em público com um dispositivo ou produto de uma empresa concorrente.

Então esconda este iPhone X que não consigo ver

Ksenia Sobchak, por sua vez, apareceu na televisão justamente na companhia de um iPhone X.

E se o embaixador da Samsung tentou escondê-lo atrás de uma folha de papel, muitos espectadores descobriram o pote de rosas.

Um deles tirou uma foto e compartilhou em seus perfis sociais. O caso foi então escalado e a russa rapidamente se viu no centro de uma verdadeira controvérsia online.

Muito rapidamente, a informação foi transmitida por vários meios de comunicação russos e alguns deles relataram processos iniciados pela divisão russa da empresa contra seu embaixador. Alguns foram ainda mais longe, quantificando o pedido do fabricante, estimado em 108 milhões de rublos ou 1,6 milhão de dólares.

Intrigada, a BBC contactou diretamente o principal interessado, nomeadamente a própria marca. E adivinha? A Samsung negou veementemente essa informação: “Todas as especulações sobre ações judiciais e multas são frívolas e nada mais do que rumores. Não comentamos rumores”, disse Elena Bruchinina.

Mais tarde, em entrevista realizada pela RBC, o empresário de Ksenia Sobchak também voltou ao suposto caso e, por sua vez, indicou que essas histórias de denúncias e ações judiciais não passavam de meros boatos lançados por alguns meios de comunicação.


Artigos Relacionados

Back to top button