McDonald’s é a mais recente cadeia de fast food para testar hambúrgueres à base de plantas

Após o teste nacional do concorrido Burger King, a empresa de fast food McDonald’s revelou planos para testar a venda de um hambúrguer à base de plantas em alguns de seus restaurantes. O teste será limitado ao Canadá, de acordo com o McDonald’s, que planeja vender o sanduíche ‘PLT’ por 12 semanas. Ao contrário do Burger King, que contratou a Impossible Foods como fornecedora, o McDonald’s está testando o hambúrguer Beyond Meat.

O McDonald’s anunciou planos para testar o hambúrguer ‘PLT’ no sudoeste de Ontário – o nome do sanduíche significa ‘Plant. Alface. Tomate.’ Como esperado, o hambúrguer tem uma aparência padrão, ostentando uma empada em um pão com alface, queijo e tomate. Ao contrário de um hambúrguer comum, no entanto, o PLT não apresenta carne de verdade, oferecendo uma empada feita com proteína vegetal.

Embora os hambúrgueres à base de plantas estejam tradicionalmente disponíveis em muitos restaurantes, eles têm estado visivelmente ausentes na maioria dos menus de fast food. Isso mudou devido a uma combinação de alternativas aprimoradas de carne à base de plantas e à crescente demanda entre os consumidores que citam as preocupações com a saúde e o meio ambiente como razões para reduzir o consumo de carne.

O Burger King chamou recentemente a atenção do público ao oferecer o Burger impossível por um tempo limitado em todos os seus restaurantes nos EUA. O McDonald’s parece estar se movendo um pouco mais cautelosamente com sua própria implantação baseada em fábricas, limitando-a a uma região do Canadá no momento. O sanduíche PLT custará US $ 6,49 CAD.

O McDonald’s está solicitando feedback dos clientes sobre sua nova oferta de PLT, explicando que esse período experimental de venda ajudará a empresa a aprender sobre coisas relacionadas à demanda dos clientes, como o hambúrguer afeta as operações de restaurantes e muito mais. A empresa não declarou nenhum plano futuro para a venda deste hambúrguer.

Artigos Relacionados

Back to top button