Mars Express da ESA tira imagem impressionante da tampa gelada do Red Planet

A Agência Espacial Européia compartilhou uma nova imagem de Marte capturada usando a câmera em sua espaçonave Mars Express. Na foto, vemos o pólo norte de Marte coberto com grandes mantas de gelo branco, cercado por uma paisagem avermelhada e empoeirada. A imagem é surpreendentemente clara e suave, lembrando algo que se pode capturar com uma câmera drone 4K ou DSLR.

De acordo com a ESA, as camadas de gelo que cobrem os pólos de Marte são colocadas em camadas de tal forma que elas ‘mudam sutilmente’ ao longo de um ano, causando alterações em sua composição e cobertura gerais. Os pólos têm uma cobertura permanente de água gelada durante o verão, algo que afina durante o inverno gelado à medida que o dióxido de carbono começa a se acumular.

A nova imagem do pólo norte do planeta foi capturada usando a câmera estéreo de alta resolução (HRSC) da sonda Mars Express. A agência compartilhou a imagem em um post recente, explicando que os pequenos pedaços de brancura visíveis na foto não são neve, mas na verdade são nuvens de dióxido de carbono que bloqueiam algumas das características da terra abaixo delas.

Apesar disso, a cobertura de nuvens nesta imagem é muito pequena, o que significa que uma parte substancial das camadas de gelo e da paisagem vermelha é visível na foto. O padrão espiral mostrado na imagem é parcialmente o resultado de ventos catabáticos, que a ESA diz usar a gravidade para mover o ar seco e frio da ladeira para áreas mais quentes.

A ESA refere-se a esses pólos gelados como áreas particularmente interessantes no Planeta Vermelho, que ajudam a esclarecer o clima de Marte e as formas como ele mudou ao longo do tempo. Cada camada de gelo e poeira é essencialmente um ‘instantâneo’ das mudanças que ocorreram, fornecendo algumas pistas sobre as estações do ano de maneira semelhante à história contada pelos anéis em uma árvore.

Artigos Relacionados

Back to top button