IPhones 2020 terão o modem 5G X55 da Qualcomm

IPhones 2020 terão o modem 5G X55 da Qualcomm

A Apple utilizará o modem Snapdragon X55 da Qualcomm em seus iPhones 2020 para oferecer conectividade 5G. Isso não deve surpreender, já que várias fontes afirmaram que os iPhones 2020 terão 5G e será seu maior ponto de venda nos principais mercados do mundo.

O modem Snapdragon X55 possui suporte nativo para o espectro mmWave e sub-6GHz. Oferece uma velocidade máxima teórica de download de 7Gbps e velocidades de upload de 3Gbps.

Com a Intel saindo da corrida dos smartphones com modem, a única solução da Apple era a Qualcomm. A empresa chegou a avançar e fez as pazes com a Qualcomm para garantir que ele possa usar seu modem 5G em seus iPhones 2020.

A Apple adicionará conectividade 5G aos três iPhones que lançará em 2020.

“Será a primeira vez que a Apple introduzirá os iPhones 5G … Serão três e a empresa estabeleceu uma meta de vendas agressiva”, disse uma das pessoas familiarizadas com o pensamento da empresa.

A iniciativa da Apple de adicionar conectividade 5G aos seus iPhones 2020 levará as operadoras de todo o mundo a aumentar seus investimentos e a lançar 5G mais rapidamente.

A demanda adicional da Apple pelo modem X55 pode levar a restrições de fornecimento no próximo ano.

Além do 5G, os iPhones 2020 da Apple apresentarão uma tela OLED, chip A14 baseado no processo de fabricação de 5 nm e uma nova câmera com sensor 3D na parte traseira para recursos avançados de AR.

Devido a sua disputa legal com a Qualcomm, a Apple confiava na Intel para suas necessidades de modem. No entanto, com a Intel lutando para manter seu cronograma de desenvolvimento de modem 5G, a Apple foi forçada a consertar a Qualcomm para garantir que poderia lançar os iPhones 5G em 2020.

Enquanto a empresa também está desenvolvendo um modem internamente, não estará pronta para uso até pelo menos 2022. Para impulsionar o desenvolvimento de seu modem, a Apple adquiriu os negócios de smartphones da Intel quando este último foi colocado à venda no início deste ano.

[Via Nikkei]

0 Shares