iPhone, quando Orange perde exclusividade…

A notícia já deu a volta na blogosfera mas como alguns de vocês estão contentes com o Fredzone para fazer seu monitoramento diário, eu tinha que falar sobre isso. Especialmente porque a notícia é significativa, e pode-se até dizer que é monumental. À medida que as férias de Natal se aproximam, acabamos de saber que o iPhone 3G não será mais exclusivo da Orange. E, francamente, correndo o risco de soar muito malvado, podemos dizer que é uma coisa boa.

Iphone

Sinceramente, não gosto da France Telecom e muito menos da sua subsidiária Orange. Seja você um indivíduo ou um profissional, é muito difícil obter satisfação de sua linha direta. E a propósito, devo salientar que este é um problema nacional: à medida que mais e mais provedores terceirizam sua atividade, torna-se muito difícil ter alguém informado online. Além disso, quando soube que havia uma boa chance de a Orange perder a exclusividade do iPhone 3G, não resisti a estourar o champanhe, mas com uma taça de vinho tinto (as bolhas não combinam com minha pele delicada).

É, portanto, o grande Conselho da Concorrência (desconhecido no meu batalhão) que decidiu romper o acordo de exclusividade entre a Orange e a Apple. Segundo eles, essa exclusividade atroz (que deve chegar a fazer chorar as crianças siberianas) se mostra prejudicial a um mercado já rígido, adepto de uma dinâmica de imobilidade que dificilmente condiz com os consumidores pobres que somos. A propósito, não há necessidade de ler minha última frase novamente, já que a escrevi sob a influência do álcool.

Moralidade, Orange vai apelar para tentar contrariar esta decisão que lhes dá um pouco de vontade de superá-la. Para mais informações, sugiro que consulte o artigo 01Net ou o artigo MacGeneration, que complementam perfeitamente esta informação. No que me diz respeito, nada pode me impedir de me servir de uma segunda bebida. Afinal, notícias como essa não chovem todos os dias.

E aí o álcool, ele preserva, né?

Observação : Christophe, se estás a ler-me, tens mesmo de esperar para mudar de telemóvel…

Artigos Relacionados

Back to top button