Iglus como um novo conceito de base marciana

O homem planeja colonizar o planeta Marte há décadas. Diferentes alternativas de bases marcianas foram propostas por pesquisadores. A Lockheed Martin sugeriu o design do Mars Base Camp, a SpaceX também apresentou seu próprio conceito. Recentemente, uma equipe de cientistas da Ecole Polytechnique Fédérale de Lausanne (EPFL) acaba de publicar um novo plano.

A equipe recomenda uma missão de nove meses ao Pólo Norte de Marte para construir um habitat permanente cuja estrutura seja inspirada no iglu. Anne-Marlene Rüede, estudante do Centro de Engenharia Espacial da EPFL (eSpace), acredita que é possível criar água, combustível e materiais de construção a partir de gelo e poeira em planetas.

Marcha do iglu

A neve tem propriedades isolantes que tornam os iglus paradoxalmente confortáveis, mesmo acusticamente.

A melhor localização a longo prazo

“Os pólos podem apresentar mais problemas no início, mas são os melhores locais a longo prazo porque abrigam recursos naturais que podemos usar”, disse Rüede em comunicado.

A primeira etapa da missão envolveria inicialmente robôs e apenas materiais do local. As máquinas teriam o papel de montar sistemas de suporte à vida e espaços de convivência. Estes incluem estruturas modulares que compreendem um núcleo, cápsulas e uma cúpula.

Este último seria coberto com uma camada de gelo de três metros de espessura para garantir o isolamento. Essa técnica também garantiria a proteção da construção contra radiação e impactos de meteoritos.

Suprimentos interceptados em órbita

Uma vez que o primeiro estágio esteja completo, uma tripulação humana de seis pessoas seria implantada. Os exploradores devem viajar para o norte de Marte durante o verão. Observe que o calendário de Marte é diferente do da Terra, porque o ano marciano dura 687 dias terrestres.

Uma vez lá, a tripulação precisaria de certos suprimentos que seriam importados da Terra. Estes seriam então interceptados por uma máquina especialmente projetada para a missão e que opera com recursos locais.

Artigos Relacionados

Back to top button