Huawei substitui o Google Maps pelo TomTom

Huawei substitui o Google Maps pelo TomTom

Embora os assuntos tenham sido mais calmos nessa frente, a Huawei continua impedida de acessar muitos produtos dos EUA críticos para seus negócios com smartphones. Ele não parou de procurar aplicativos e serviços importantes para substituir sua dependência do software popular do Google. A última peça a ser substituída é o Google Maps, que agora se tornou o serviço de localização e navegação e o OEM chinês acaba de fechar um acordo com a empresa de mapeamento holandesa TomTom exatamente para esse fim.

De todas as partes do Android que a Huawei está proibida de usar, o Maps é talvez uma das mais fáceis de substituir, principalmente porque não faltam empresas de mapeamento e navegação que oferecem funcionalidade semelhante, algumas localizadas fora do controle direto dos EUA. Dito isto, o Google Maps tem a vantagem de uma riqueza de dados, profunda integração com o Android e, é claro, parcerias com empresas.

Felizmente para a Huawei, a TomTom não é apenas um novo player nesse campo, tendo se especializado em serviços e dispositivos de navegação há mais de duas décadas. Essa parceria é quase providencial, assim como a TomTom decidiu mudar seu foco do hardware para o software de licenciamento e serviços de venda. E melhor ainda, não é afetado pela proibição da lista de entidades dos EUA na Huawei.

Qualquer uma das empresas ainda não anunciou formalmente o acordo e ainda não está certo como o governo dos EUA receberá as notícias. Embora tenha pouco controle sobre o que as empresas de fora do país fazem, tentou exercer sua influência com outros governos, instando-os a dar um tratamento semelhante à Huawei.

A Huawei tem se esforçado para encontrar peças para substituir os aplicativos e serviços do Google Play, que incluem não apenas o Search, Gmail ou Chrome, mas também os principais componentes, como segurança do Play Protect e consoles e painéis de desenvolvedores. A Huawei vem desenvolvendo seus próprios Serviços Móveis Huawei para esse fim, mas já perdeu a reivindicação feita para o lançamento no final de 2019. É possível que a Huawei faça o grande anúncio com o lançamento do Huawei P40 por volta de março.

0 Shares