Huawei Mate 30 lançamento anunciado, destino do Google Play ainda desconhecido

Huawei Mate 30 lançamento anunciado, destino do Google Play ainda desconhecido

Todo mundo está se preparando para a IFA 2019, que deve começar em menos de uma semana. Mas, como tem sido a tendência nos últimos anos, os grandes jogadores têm se esquivado de fazer seus anúncios mais importantes naquele evento. A Samsung, por exemplo, já lançou a série Galaxy Note 10 no mês passado. Aparentemente, a Huawei está preferindo colocar seu próprio evento assim que a poeira da IFA se acalmar.

Quando tudo o que foi dito e feito, a pergunta que permanecerá na mente dos consumidores será se ele terá os aplicativos e serviços Android muito usados ​​do Google ou não.

Como havia feito no MWC no início deste ano, a Huawei colocou seus próprios dias de evento após a IFA, em 19 de setembro, para ser exato e em Munique, para anunciar a série Mate 30. Essa não é uma grande revelação, pois já havia vazado antes, mas isso torna tudo oficial.

O slogan da Huawei para a série é repensar as possibilidades e uma coisa que ela e o mercado definitivamente terão que repensar é a possibilidade de telefones da Huawei sem o Google. O Google já disse que, como o Mate 30 fica fora do período de extensão concedido à Huawei, os telefones não poderão ter o Google Play Services e, portanto, os aplicativos Android mais populares criados pelo Google.

A Huawei diz que não quer lançar um smartphone com o Harmony OS este ano e, é claro, a série Mate 30 ainda estará executando o Android. Como vai sair sem o Google neste momento, no entanto, será o grande ponto de interrogação no futuro do telefone.

Embora essa situação não seja nova na China, ela não voará para nenhum outro lugar. O Google pode solicitar uma exceção para a Huawei, mas, para as dezenas, senão centenas de empresas que solicitam exceções para fazer negócios com a Huawei, nenhuma foi concedida.

Seria definitivamente uma pena se o Huawei Mate 30 bombardear no mercado por causa desse fator. A série Huawei Mate 30 trará um novo chipset Kirin 990, que será anunciado na IFA 2019, um suporte de carregamento sem fio mais rápido e EMUI 10. Ele também mudará para uma câmera mais redonda, descartando o design quadrado que, ironicamente, a Apple e o Google estará adotando.

0 Shares